Itararé: Legislativo e Executivo promovem ação especial pela segurança no trânsito

Iniciativa foi desenvolvida pela EM Adriano Queiróz Pimentel como parte do projeto ‘Educação Viária é Vital’ -A Prefeitura de Itararé (SP), por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Câmara Municipal de Vereadores, realizou, na segunda-feira (20), uma ação especial pela segurança no trânsito. A iniciativa foi idealizada pela Escola Municipal Dr Adriano Queiróz Pimentel como parte das ações do projeto ‘Educação Viária é Vital’.

O evento, realizado na sede do Legislativo de Itararé, contou com a presença de membros da sociedade civil; do diretor municipal de Trânsito, Bruno Marcos da Silva; de alunos e professores da escola e representantes da Secretaria Municipal de Educação.

Durante a solenidade, o vereador Marcinho Guerreiro realizou a leitura de um texto sobre a importância da educação no Trânsito. Ao final, um vídeo da campanha ‘Me Ouça’, realizada pelo Governo Federal, foi apresentado. Além disso, uma faixa explicativa foi fixada em frente ao prédio e luzes amarelas iluminarão a fachada da Câmara durante todo o mês de maio.

Conforme a diretora escolar Ana Gil, o pronunciamento também simbolizou a adesão do município ao ‘Maio Amarelo’. “O Maio Amarelo não é uma campanha, mas sim, uma ação, um movimento internacional de mobilização e conscientização para a redução de acidentes”, destaca.

Para o prefeito, Heliton do Valle, é de suma importância que o tema seja trabalhado amplamente dentro e fora da sala de aula. “O objetivo de nossa gestão é criar um trânsito melhor e mais consciente através da Educação. Estou certo que estamos fazendo a diferença no lar de cada uma das crianças alcançadas”, enfatiza.

Educação Viária é Vital – Desenvolvido através de um convênio com a Fundação MAPFRE, o projeto ‘Educação Viária é Vital’ é trabalhado nas instituições de ensino de maneira integrada às propostas do currículo escolar, apresentando atividades que se conectam às disciplinas e aulas, para que alunos e professores envolvam-se em uma ampla pesquisa sobre as condições da circulação e convivência nos espaços públicos utilizados – desde os ambientes compartilhados na própria escola até na cidade como um todo.

Além de um curso de capacitação para professores, a Fundação MAPFRE também promove uma competição entre as escolas do país que premia os melhores projetos.

Em 2015, a EM Messias Sodré, foi convidada a apresentar seu projeto em São Paulo. No ano de 2016, a EM Adriano Queiróz Pimentel foi a vencedora do Prêmio Nacional. Em 2017, novamente a escola Adriano se destacou em sua apresentação e, finalmente, no ano de 2018, a EM Dilermando Marques Martins, juntamente a EM Ione Maria Marques Martins dos Santos, representou o município no evento em São Paulo. (Da ASCOM, Prefeitura de Itararé-SP)

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de