Itararé registra aumento significativo no número de casos de Dengue

Somente em março e abril deste ano, 29 casos foram confirmados

A Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, registrou, no período de 01 a 05 de maio, 19 novos casos de Dengue no município.

Diante do aumento significativo, a Prefeitura alerta para que os munícipes atentem-se aos cuidados de prevenção, evitando a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

De janeiro a maio deste ano, 97 casos já foram notificados. Destes, 29 pacientes foram confirmados como positivos, 32 aguardam o resultado do exame e 36 testaram negativo.

Somente em março e abril, 29 casos foram confirmados nos seguintes bairros: Jardim Claudina, Vila Novo Horizonte, Jardim São Paulo, Vila Osório, Cerrado, Alto dos Pinheiros e Vila Santa Terezinha.

Conheça os sintomas – O primeiro sintoma da dengue é febre alta, de 39° a 40°C, de início repentino, se estendendo de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dor no corpo e articulações, prostração, fraqueza e manchas vermelhas nos olhos.

Ao identificar dois ou mais sintomas, é preciso procurar, com urgência, a Unidade de Saúde mais próxima ou a Santa Casa. A Vigilância alerta, ainda, que a pessoa suspeita de Dengue use repelente, prevenindo, assim, o contágio para outras pessoas.

Prevenção – A principal maneira de prevenir o avanço da Dengue é combater os mosquitos, eliminando os locais que possam ocasionar o acúmulo de água. Para isso, é importante:

  • Manter as garrafas vazias ou baldes viradas para baixo;
  • Não deixar entulho no quintal;
  • Cobrir as caixas d’água, poços ou piscinas e manter as calhas de água limpas;
  • Colocar terra ou areia nos pratos dos vasos das plantas;
  • Manter a lata de lixo devidamente tampada e jogar no lixo cascas de coco, latas de refrigerantes, copo plástico, garrafas, embalagens, etc;
  • Guardar pneus em locais cobertos, longe da chuva;
  • Tampar os ralos pouco usados com um plástico, jogando água sanitária no cano 2 vezes por semana;
  • Os bebedouros de cães, gatos e passarinhos lavar e trocar a água uma vez por semana;
  • Manter o aquário limpo e fechado.

Lembre-se: os agentes de endemia são aliados no combate à Dengue. A autorização para que eles entrem em sua residência é fundamental para intensificar as ações e evitar a ocorrência de criadouros do mosquito.

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments