Itararé vai trocar saneamento e paralelepípedos da São Pedro

Sabesp [800x600]O prefeito Luiz Cesar Perucio esteve reunido na última quarta-feira (14) com uma comissão da Sabesp para tratar da substituição de canos e tubulações de água e esgoto na Rua São Pedro, a principal, com 2,3 quilômetros. Nessa obra os antigos paralelepípedos serão substituídos por asfalto. Os integrantes da concessionária de saneamento básico presentes no encontro com Perúcio foram o

superintendente Ivan Sobral de Oliveira, o gerente da Sabesp de Itararé, Antônio Tadeu Gurgel Mendes; o gerente da unidade de Itapeva, Wagner Carvalho Camargo; o engenheiro do setor técnico, Jorge Narciso e o chefe do departamento de operações, Valter Iraishi.

Na oportunidade, o superintendente e sua equipe apresentaram o projeto já aprovado para a revitalização da Rua São Pedro, que além de receber uma pavimentação asfáltica terá ainda a construção de duas galerias de água e esgoto que se estenderão pelos 2360 metros desta importante rua do centro de Itararé.

Hoje, segundo o superintendente “as tubulações existentes são muito antigas e praticamente todas em ferro fundido, material utilizado há mais de sessenta anos e que devido a trepidação dos veículos, rompe-se com facilidade, além de estarem oxidadas ocasionando diversos problemas. Com esta nova obra, serão aplicados tubos em pvc de alta resistência. Além disso, com o asfalto, o problema da trepidação deverá ser resolvido quase que em toda a sua totalidade”.

Sobre a obra e a maneira que será realizada, o superintendente afirmou que “estas duas galerias não serão construídas sobre as calçadas, preservando desta maneira o acesso das pessoas as lojas do comércio”. Informou ainda, que as mesmas deverão ter início no mês de outubro, sofrendo uma paralisação em dezembro para não prejudicar as vendas de final de ano. Tão logo o período natalino passe, a obra será retomada no mês de janeiro. “Ao todo acreditamos que deverá ser concluída num prazo de quatro a cinco meses”, disse Ivan.

Com relação as especulações sobre a resistência do material a ser empregado na obra e da maneira como o serviço será executado, o superintendente Ivan Sobral de Oliveira procurou tranquilizar à todos dizendo que “a empresa que ganhou a licitação, é uma empresa de referência nacional e que esta em constante processo de avaliação através do órgãos fiscalizadores e que num primeiro momento, após a conclusão das galerias, estará realizando uma camada de nivelamento sobre o calçamento já existente, que servirá como base para o asfalto definitivo. Após este nivelamento, o asfalto a ser aplicado será de qualidade igual aos grandes centros e terá uma durabilidade garantida por muitos anos”, disse. No release, a assessoria não informou o valor e nem a orígem dos recurso para a obra. (Com a Assessoria de imprensa da prefeitura) 

Compartilhar

Notícias relacionadas