Justiça concede liminar suspendendo sessão em Riversul

Acatando mandado de segurança impetrado pelo prefeito Marcelino Bíglia, a Justiça da Comarca de Itaporanga concedeu liminar suspendendo a sessão da Câmara Municipal de Riversul, que ocorreria hoje às 17h, para votar a sua cassação, por improbidade administrativa ao não pagar direitos de servidores municipais referentes à insalubridade e periculosidade. A liminar foi concedida temporariamente  para que a Justiça tenha tempo para analisar a questão.    
 

Compartilhar

Notícias relacionadas