Largo da Catedral terá uma nova iluminação

ctd1_a Botucatu – Com aval do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo), as obras para troca de todo o sistema de iluminação pública do Largo da Catedral foram iníciadas na manhã deste sábado (5). O investimento faz parte do Programa “Ilumina Botucatu”, desenvolvido em parceria pela Prefeitura e a CPFL Paulista. 

ctd1Catedral Arquidiocesana de Botucatu(SP) 

O tráfego de veículos foi  parcialmente interrompido, com a devida sinalização do trecho feita pela Secretaria de Transportes, através do Departamento de Engenharia de Tráfego (DET). O primeiro serviço foi a retirada do paralelepípedo para abertura de valetas no canteiro central, entre as ruas Velho Cardoso e Monsenhor Ferrari, onde de maneira subterrânea ficará instalada toda a fiação elétrica. No local serão instalados oito postes modelo “veleiro”, com quatro luminárias cada e lâmpadas de vapor metálico de 250 watts.

“Este projeto criará assim um novo aspecto que valorizará um dos pontos mais marcantes de Botucatu, que é nossa Catedral”, ressalta o prefeito João Cury, que acompanhará o início das obras.

Sobre o Ilumina Botucatu – O projeto Ilumina Botucatu é o maior plano de iluminação pública da história do Município. Ele contempla investimentos em expansão, substituição e eficientização dos atuais pontos de iluminação pública e está orçado em R$ 1.866.000,00.

O convênio com a CPFL Paulista também prevê a melhoria da iluminação no entorno de 35 escolas, garantindo mais segurança à comunidade. Finalizando, serão substituídos 1.312 pontos de iluminação de Vapor de Mercúrio para Sódio, principalmente na região periférica da Cidade e Distritos.

Botucatu, dentro do plano de iluminação, foi dividida em duas rotas, nomeadas em “branca” e “amarela”. Fazem parte da linha branca as avenidas Leonardo Villas Boas, Santana, Dom Lúcio, Dante Delmanto, Vital Brazil, Elevado Bento Natel e a Rua Major Matheus. Esta rota servirá inclusive como guia aos motoristas que trafegam pela Cidade e desejam encontrar a saída para a Rodovia Marechal Rondon.
A linha amarela, com lâmpadas de vapor de sódio de 250 watts, será implantada a partir de 2011 nas rodovias Domingos Sartori e Antônio Butignoli [vias de acesso à Unesp], João Hipolyto Martins [Castelinho], Gastão Dal Farra e trevo de acesso à ITE. (Da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Botucatu)

Compartilhar

Notícias relacionadas