Maia: incompetência do ministro da Saúde pode comprometer vacinação

“Ele [Pazuello] se perdeu na gestão do ministério e, em relação à logística, que diziam ser seu forte, até agora não apresentou nada organizado”, disse

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que “a falta de organização e a incompetência” da gestão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pode comprometer uma solução para a vacina contra Covid-19 e aumentar o número de mortos e infectados no País, além de prejudicar a imagem do Exército brasileiro. Para o presidente da Câmara, falta sensibilidade a Pazuello e a Jair Bolsonaro.

“A população precisa da vacina, essa insensibilidade é grave e prejudica milhões de brasileiros”, criticou. “Os militares sempre são preparados para comandar e não para liderar, há sempre uma maior dificuldade. Ele [Pazuello] se perdeu na gestão do ministério e, em relação à logística, que diziam ser seu forte, até agora não apresentou nada organizado”, disse o presidente.

Maia lembrou ainda que o ministro, o presidente Bolsonaro e ele mesmo, Rodrigo Maia, quando tiveram Covid-19, foram tratados pelos melhores médicos e especialistas privados do País, e que a maior parte da população não tem acesso a esses tratamentos. Maia reconheceu ainda a importância do SUS no combate à pandemia.

“Não podemos esquecer que, de cada 100 pessoas que tiveram Covid e se internaram na UTI, 70% sobrevivem no hospital privado e apenas 35% no hospital público. Os brasileiros estão apreensivos”, afirmou.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Wilson Silveira

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Compartilhar

Notícias relacionadas