Mais um feminicídio em Itaporanga-SP: jovem de 27 anos morre por facada no peito desferida pelo companheiro

O último bárbaro feminicídio foi no dia 07 de dezembro -O de hoje foi por volta das 20h deste domingo (09), no Bairro Bela Vista, em Itaporanga-SP, à margem da Rodovia Juventino Patriarca (SP-281).

O SAMU foi acionado e a equipe composta pela técnica em enfermagem Patrícia Barbosa e o socorrista-condutor Edivan foram até o local, mas já encontraram a vítima morta.

Angélica Aparecida Ferreira, 27 anos, foi morta com uma facada no peito desferida pelo seu companheiro Fernando “Frangão”. que tentou fugir à cavalo.

Toda a PM dos municípios vizinhos foram mobilizadas, e ele acabou preso quando seguia a cavalo em direção a Santana do Itararé-PR, pela equipe da PM DE Barão de Antonina, composta pelos cabos PMs Diexon e Müller. Quando percebeu a aproximação da viatura, ele abandonou o cavalo e entrou numa mata, mas acabou rendido e preso em flagrante.

O crime foi bem em frente a casa que viviam no Bairro Bela Vista, à margem da rodovia, próxima da entrada do vilarejo e de frente para a encruzilhada para o Bairro Prainha e Aldeia Tekoá-Porã.

“Frangão” já teve passagem pela polícia, e esteve preso por tráfico de drogas

Angélica tinha encerrado o relacionamento com “Frangão” e já estava de saída, inclusive com sacolas de roupa, indo embora para Riversul. Não deu tempo, pois ele rasgou as sacolas de roupas e desferiu a facada mortal no peito dela.
A ocorrência foi atendida pelos PMs cabos Juliano e Lara, com apoio do sargento Gama (em férias). A área foi isolada e o corpo foi coberto pela polícia até a chegada da equipe da Polícia Científica de Avaré, para os registros das informações para o laudo e liberação do corpo.

Angélica deixa duas crianças, inclusive um menino de três anos que estava com ela e que, segundo testemunhas, também foi agredido no rosto por “Frangão”. O outro estava com parentes em Riversul.

Compartilhar

Notícias relacionadas