Margarido questiona falta de dentista no PSF do Grajaú

 Requerimento do vereador Wilson Roberto Margarido (DEM) encaminhado ao Executivo Municipal, solicita que através da Secretaria Municipal de Saúde informe o motivo da falta de dentista para prestar atendimento no Posto de Saúde da Família – PSF do Jardim Grajaú.


Explicou que  foi procurado por moradores do Jardim Grajaú, reclamando da falta de dentista no Posto de Saúde da Família, o que vem causando transtornos a população que necessita de tal atendimento.

Eles alegam que é importante a atuação do referido profissional no local, tendo em vista o grande o número de pessoas que são atendidas ali e que necessitam de efetuar tratamento dentário. Atualmente eles procuram em locais bem distantes de sua casa, o que acaba dificultando ainda mais os procedimentos necessários na área.

Com o atendimento dentário no PSF do Jardim Grajaú muitas pessoas poderão ser beneficiadas e a municipalidade estará, com essa medida, descentralizando os serviços de saúde da rede pública, e com isso prestando um melhor atendimento à população.

PAVIMENTAÇÃO – Atendendo solicitação da  comunidade Margarido encaminhou à municipalidade diversos pedidos de pavimentação de ruas. Segundo ele, as referidas melhorias são necessárias na continuação da Avenida Cândido Rodrigues no trecho que faz ligação com a Vila Isabel;  capa asfáltica em toda a extensão da Rua Itapetininga, na  Vila Bom Jesus;  lajotamento da Rua Moisés de Almeida e na rua ao lado da Rodoac no Bairro de Cima I.

RUAS – Outros pedidos do vereador tratam de operação tapa buracos nas Ruas José Roberto Coelho de Almeida, no Jardim Virgínia;  Prefeito Mário Cerdeira esquina com a Avenida Gastão de Mesquita Filho, no Jardim Maringá IV;  nas ruas ao redor da Praça José Domingues, no Jardim Califórnia. Reivindicou ainda a manutenção e cascalhamento na Estrada que sai do Bairro de Cima passando pelo Portão Preto até a Fábrica de Farinha do Espanhol.

PLACA – Em relação ao setor de trânsito, Margarido solicitou ao Comutran a colocação de placa de "proibido parar e estacionar", na Rua Alberto Vilhena Júnior, entre a rotatória do Jardim Maringá até a Rotatória da Avenida Vaticano na Cecap.  Explicou que a  medida é necessária para oferecer mais segurança ao trânsito, pois  aquela via pública é mão dupla, e os veículos trafegam em alta velocidade.  (Assessoria de Imprensa da CMI).
 
Compartilhar

Notícias relacionadas