Meio Ambiente: Itaporanga prepara-se para o “Município Verde”

Preocupado com o Meio Ambiente, o prefeito de Itaporanga, José do Nute, está desenvolvendo ações visando adequar o município no programa do governo estadual, “Município Verde”. Uma das primeiras ações está sendo a capacitação de funcionários para que possam estar atualizados e integrados a nova visão da política ambiental, propiciando maior eficiência e amparo técnico para os futuros projetos e ações.

 

Zé do Nute destaca que a administração está empenhada em aumentar a quantidade e melhorar a qualidade do verde da área urbana do município. “As árvores são necessárias para nossa cidade, pois contribuem para diminuir os impactos da urbanização. Além de o clima local pedir uma cidade bem arborizada, pois segundo pesquisas, um pequeno maciço de árvores de grande porte pode gerar um ambiente sombreado com até 3oC a menos de temperatura em relação ao ambiente ao seu redor”, ressalta.

Nos dias 16 e 17 de abril estiveram na cidade de Avaré participando do Curso Regional de Arborização urbana, os funcionários Geraldo Queiroz, técnico agrícola, responsável pelo viveiro municipal e a engenheira civil Franciane Teodoro Peres. O curso envolveu diversos aspectos da arborização desde o plantio, manejo até a poda.

Na última semana estiveram na cidade de Piracicaba participando do IIo Encontro Paulista de arborização urbana, as funcionárias Talita Carolina Nascimento, coordenadora do serviço de meio ambiente e turismo, e a engenheira Franciane Teodoro Peres, secretária municipal de engenharia. “ O encontro mostrou a importância da arborização adequada, e quebrou alguns mitos, principalmente o mito de que embaixo da rede elétrica só se planta arbustos ou árvores de pequeno porte, que as concessionárias de energia embutiram por muito tempo nos projetos de arborização municipais. Hoje pensa-se no conforto ambiental, no benefício das sombras geradas por árvores de grande porte, pensa-se no plantio de árvores adequadas, no manejo e poda corretas para cada espécie e em cada situação, seja ela embaixo da rede elétrica, canteiro central ou praças”, resumiu a engenheira Franciane.

Além da capacitação dos funcionários, o prefeito tem em meta, melhorar o viveiro municipal de mudas, aumentando a variedade, cultivando árvores nativas e próprias para a arborização urbana, projeto de educação ambiental em parceria com a secretaria de educação e projeto social de reciclagem.

Além da capacitação dos funcionários, o prefeito tem em meta, melhorar o viveiro municipal de mudas, aumentando a variedade, cultivando árvores nativas e próprias para a arborização urbana, projeto de educação ambiental em parceria com a secretaria de educação e projeto social de reciclagem.

Compartilhar

Notícias relacionadas