Ministério da Saúde repassa verbas para o Samu

Itapeva – O Ministério da Saúde acaba de destinar R$ 212.847,21 para a construção da Central de Regulação Médica de Urgência do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) 192 em Itapeva. Os recursos são para aquisição de materiais, mobiliário e equipamentos de tecnologia da informática. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, dia 10 de dezembro.


Segundo informou o secretário municipal de Saúde de Itapeva, Marco André Ferreira D’Oliveira, foi fixado o prazo máximo de 90 dias para que o Samu 192, ainda em implantação, entre em efetivo funcionamento. O secretário diz que além de Itapeva, outros 14 municípios compõem o território de abrangência regional. São eles Apiaí, Barra do Chapéu, Bom Sucesso do Itararé, Itararé, Buri, Guapiara, Itapirapuã Paulista, Itaberá, Itaoca, Nova Campina, Ribeira, Ribeirão Branco, Riversul e Taquarivaí. A cobertura soma 283.491 habitantes.

Do total do repasse, R$ 100 mil são destinados à construção da Central e R$ 16 mil serão aplicados em materiais e mobiliários. Os R$ 96.847,21 restantes serão utilizados na aquisição de equipamentos de tecnologia e redes. 

Samu – O Samu-192 faz parte da Política Nacional de Urgências e Emergências, de 2003, e ajuda a organizar o atendimento na rede pública prestando socorro à população em casos de emergência.

Com o Samu 192, a prefeitura pretende reduzir o tempo de internação de pacientes e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população. (Juliana Oliveira, da Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Itapeva-SP)
 
 
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas