Na academia, Oravinho já perdeu 15 kg; estava com mais de 140

O cantor e locutor de publicidade volante Oravinho Magalhães, 51 anos, há cerca de 6 meses tomou uma atitude que está fazendo a diferença na sua vida e principalmente na sua saúde.

Deficiente visual e obeso, Oravinho  pesava mais de 140 kg. Exceto alguns finais de semana quando faz shows, ele se  locomove e se movimenta fisicamente. Fora isso  levava uma vida sedentária por conta de seu trabalho na produção e gravação de anúncios publicitários onde ficava a maior parte do tempo no estúdio, sentado.

Mas, incentivado pelo amigo Nilton Piá, que também era obeso, Oravinho  entrou pra Academia  Corpo Perfeito, onde os profissionais de Educação Física e personal trainers  Denilson  Azevedo e Jacqueline Thaina, com muita dedicação o conduzem na rotina diária de mais de uma hora de exercícios físicos.

Casado há 24 anos com  Elza (Malharia Aquarela),  Oravinho conta também com a dedicação e o apoio incondicional da esposa. É ela que o leva diariamente pra a academia. Saem de casa um pouco antes  para as 06h em ponto iniciar a malhação, e às 07h30, Elza retorna para busca-lo.

O personal trainer  Denilson explica que  o aquecimento do Oravinho na academia é de mais ou menos 40 minutos na esteira numa velocidade de 5,7 km/h. A esteira é programada para desligar automaticamente ao final da tarefa. “Combinamos um assobio para comunicarmos. Por exemplo: quando ele termina a esteira, dá um assobio e sozinho sobe a escada para o setor dos equipamentos de musculação. Eu o aguardo o final da escada para conduzi-lo aos vários equipamentos. E é assim, em cada equipamento ele faz um determinado número de vezes. Terminou, assobia me avisando e em seguida vou lá e o levo ao outro equipamento. São vários e tem alguns que o danado não gosta de fazer não”, brinca Denilson.

Bem humorado, Oravinho diz que agora está bonito, disposto e de bem com a vida, e que não pretende parar, pois encontra na academia mais um prazer na vida. “Olha, é muito bom. O que se paga numa academia não é um gasto qualquer: é um investimento para melhoria da qualidade de vida na parte da saúde. Por isso, venha pra academia!”, encerra ele brincando  que tinha acabado de fazer uma merchandising  para a academia do Denilson e que por isso iria pedir isenção de uma mensalidade.

Compartilhar

Notícias relacionadas