Na audiência para criação da Microrregião de Botucatu, Governo de SP anuncia investimentos de R$ 39,6 milhões no município e na região

Construção da barragem de acumulação no Rio Pardo vai assegurar o abastecimento de água no município nas próximas décadas

O Vice-Governador e Secretário de Governo, Rodrigo Garcia, anunciou nesta sexta-feira (18), em Botucatu, uma série de repasses que somam R$ 39,6 milhões em obras de modernização e recuperação de rodovias, além de investimentos em educação e habitação.

“Estamos fazendo uma importante agenda em Botucatu. Primeiro, visita às obras da barragem, que vai dar segurança hídrica à cidade em relação às eventuais estiagens. A segunda agenda foi a visita a uma creche escola entregue agora para atender as crianças do município. E a audiência pública da nova regionalização do Estado de São Paulo, Botucatu é sede de uma microrregião importante pela atratividade do seu comércio, da sua indústria e pela força econômica da cidade”, afirmou Garcia.

Garcia visitou as obras de construção da barragem de acumulação no rio Pardo, que vai assegurar o abastecimento de água em Botucatu nas próximas décadas. A construção, que tem 20% das obras concluídas, está na fase de injeção de tratamento das fundações do vertedouro e barragem de concreto, e execução da barragem de terra da margem direita. O investimento da Sabesp no empreendimento é de R$ 56,19 milhões e a previsão de início de operação da represa é para o segundo semestre de 2023.

Em seguida, o Vice-Governador inaugurou o Centro de Educação Infantil Silvio de Souza. O Governo de São Paulo investiu R$ 1,7 milhão e a Prefeitura, R$ 780 mil. A unidade tem capacidade para 150 alunos de 0 a 3 anos. Desde 2019, foram inauguradas 142 unidades do Programa Creche Escola, com 18,9 mil novas vagas e investimento de R$ 230,1 milhões do Estado.

Microrregião

Garcia também participou da oitava audiência pública do projeto de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo para debater a criação da microrregião de Botucatu. O projeto visa constituir uma nova divisão regional administrativa comum a todos os setores da instituição do Estado e reorganizar os municípios que já estão conectados em regiões, sem separação e com interação. Isso facilita o planejamento, a gestão e a execução das funções públicas de interesse regional, além de criar instrumentos para uma governança interfederativa.

A microrregião será composta pelos municípios de Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Conchas, Guareí, Itatinga, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, Quadra, São Manuel e Torre de Pedra.

Investimentos em estradas

Na ocasião, Rodrigo Garcia autorizou a contratação de serviços de recapeamento e sinalização horizontal da SPA 258/300, com extensão do km 000 ao 003+500, em Botucatu. A obra está dentro do Programa de Estrada Asfaltada do Estado de São Paulo e o investimento é de R$ 3 milhões. Garcia também autorizou obras de modernização em estradas vicinais nos municípios de Pardinho e Botucatu, dentro do Programa Novas Estradas Vicinais – Fase 2, com investimento de R$ 15,8 milhões.

Trecho de 7,9 km da estrada vicinal PRD-040 (João Emílio Roder) em Pardinho, acesso à SP-280, receberá melhorias para recuperação funcional, em um investimento de R$ 6,3 milhões, assim como 12 km da Rodovia Vicinal Alcides Soares (BTC-010) BTC-010, em Botucatu, com repasse de R$ 9,5 milhões.

Repasses

Garcia também autorizou o aporte de recursos da modalidade Nossa Casa – Apoio para fomentar a construção de 334 casas do Residencial Bem Te Vi, em Botucatu. O valor do “checão” é de R$ 3,3 milhões e os recursos serão disponibilizados na forma de subsídio para que famílias de baixa renda possam ter acesso à aquisição da casa própria.

A modalidade Nossa Casa – Apoio fornece cheque moradia a famílias com até três salários mínimos para aquisição de moradias em empreendimentos aprovados pela Secretaria de Estado da Habitação. O cheque moradia é um subsídio concedido pelo Governo do Estado, por meio da Casa Paulista, para as famílias efetivarem a compra do imóvel, junto às construtoras. Esse subsídio será usado para abater o valor final na assinatura do contrato de financiamento habitacional. A demanda é aberta a todos que se enquadrarem nos critérios do programa e devidamente aprovada pela Caixa Econômica Federal, que concederá o financiamento habitacional das moradias.

Por fim, o Vice-Governador distribuiu 6.540 vouchers correspondentes a cestas do programa Alimento Solidário para 13 municípios da região: Anhembi (450), Areiópolis (350) Bofete (450), Botucatu (1000), Conchas (560), Itatinga (760), Laranjal Paulista (1000), Pardinho (100), Pereiras (250), Porangaba (250), Pratânia (450), São Manuel (700) e Torre de Pedra (220).

Compartilhar

Notícias relacionadas

Se inscreva
Notificação de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments