Na BA, presidenta Dilma participou de solenidade em memória das vítimas do Holocausto; amanhã vai a Cuba

Dilma no Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto, em Salvador-BANeste domingo (29/01), às 17h30, a presidenta Dilma Rousseff participou de solenidade do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto,  no Fórum Ruy Barbosa, em Salvador (BA). O evento foi promovido pela Confederação Israelita do Brasil (Conib), em parceria com a Sociedade Israelita da Bahia (Sib).

 

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, como ficou conhecido o extermínio de milhões de judeus e outros grupos considerados indesejados pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial, é celebrado oficialmente no dia 27 de janeiro. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2005, para lembrar o dia da libertação dos prisioneiros do campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau, no sul da Polônia, ocorrida em 27 de janeiro de 1945.

Em resolução apoiada pelo Brasil, a Organização das Nações Unidas (ONU) pede aos países membros que elaborem programas de educação sobre o Holocausto e “condena sem reservas todas as manifestações de intolerância religiosa, de incentivo ao ódio, de perseguição ou de violência contra pessoas ou comunidades por causas étnicas ou religiosas e rejeita qualquer negação do Holocausto como fato histórico”.

Na cidade de Salvador, que tem o maior número de afrodescendentes fora da África, a homenagem foi dirigida à parte dessa população que foi vítima do massacre. Havia cerca de 20 mil afrodescendentes na Alemanha quando os nazistas tomaram o poder, em 1933.

Agenda desta segunda-feira, 30 de janeiro

às 09h45, a presidenta Dilma Rousseff participa da Cerimônia de emissão da ordem de serviço de início das obras
de Urbanização Integrada da Bacia do Rio Camaçari (BA), na Cidade do Saber, Rua do Telégrafo, s/n, Bairro da Bomba, Camaçari

Ás 12h, da Base Aérea de Salvador (BA) ela viaja para Havana/Cuba

16h45 – Chegada a Havana/Cuba – Horário local de Havana/Cuba: menos 3 horas em relação a Brasília

Compartilhar

Notícias relacionadas