Não é verdade que a ponte de Avaré será interditada; balsa é para transporte de materiais aos pilares

Nesta terça-feira, uma mente criativa aproveitou uma imagem de uma movimentação de veículos pesados e guindastes para manuseio e instalação de uma balsa à margem da Represa Jurumirim, junto da Ponte Carvalho Pinto, que tem extensão de mais de 1 quilômetro no lago, para espalhar nas redes sociais, principalmente WatsApp que a ponte, que tem mais de 60 anos, desta vez seria interditada e o intenso tráfego de veículos passaria a ser por balsa, e que os usuários ainda teriam de pagar para passar nessa balsa.

Rapidamente, a criação da mente que mentiu se espalhou nas redes sociais, que são territórios de ninguém, e é onde se publica sem a menor responsabilidade verdades e mentiras, que acabam gerando angústias, dúvidas e muita apreensão, no caso, aos que precisam passar diariamente pela sexagenária e bela Ponte Governador Carvalho Pinto, na SP-255, que interliga os municípios de Avaré e Itaí.

Para trazer a verdade, o ItapoNews formulou um pedido de informações à concessionária CCR- SPVias, que prontamente, em nota-consulta respondeu informando que fará serviços preventivos nos pilares da ponte e que a balsa que está sendo instalada não será utilizada para travessia de veículos, e sim para transportar materiais para reparo dos pilares.

Informou também que durante os trabalhos haverá um estreitamento da pista na ponte, com redução de velocidade para 40Km/h, que permitirá tráfego seguro de veículos leves e pesados normalmente.

Veja a íntegra da resposta da CCR-SPVias

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de