Nereu Moura(PMDB) diz que 2011 é um ano favorável, mas…

 

Curitiba(PR) – Na avaliação do deputado estadual Nereu Moura (PMDB), 2011 tem todas as condições de ser um ano positivo para o Brasil e para o Paraná. “A agricultura apresenta-se com um cenário favorável e os índices econômicos são animadores. Com o resultado da eleição, tudo indica que teremos grandes realizações e bons projetos”. Mas, em análise, o parlamentar observa que o fato do PMDB ter feito a maior bancada e ter ficado a reboque apenas com uma secretaria, não quer dizer que vá de mãos dadas com o governador Beto Richa(PSDB). “Precisaremos de pelo menos uns seis meses para avaliar o desempenho de Richa. Por enquanto, vamos observando.”  


Em relação ao governo do Paraná, o parlamentar comentou que o Estado oferece todas as condições para que Beto Richa possa executar um bom trabalho, o que permite ao governador implantar as suas propostas debatidas na campanha eleitoral. 

O deputado peemedebista salientou que tudo o que depender dele para que o Paraná tenha um bom governo será feito. “Entendo que a política deva existir no período eleitoral. Após este momento, é hora de unir forças com objetivo de trabalhar em prol dos interesses da população”. 

Ao concluir a sua análise, o parlamentar também disse que fará um trabalho respeitoso e de alto nível em relação ao governo Beto Richa. “Tudo o que for bom para o Paraná terá o meu apoio claro, firme e decidido. E o que eu não concordar, combaterei com veemência”, finalizou. 

Momento é de análise, diz Nereu Moura

Embora o PMDB tenha feito campanha para o senador Osmar Dias na eleição passada, é oportuno que nesse momento o partido fique observando as ações do governador Beto Richa na análise do deputado estadual Nereu Moura (PMDB). “Não há como tomar atitudes em relação a uma administração que ainda não teve tempo hábil para mostrar o seu trabalho. É preciso aguardar, talvez seis meses, para fazer uma avaliação sobre o desempenho da nova equipe governamental”, justificou o parlamentar. 
 
Sobre a Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Promoção Social, o deputado Nereu Moura consentiu que o deputado Luiz Claudio Romanelli fizesse parte da equipe de governo como secretário, uma vez que foi convidado pelo governador Beto Richa. “Todavia, isso não importa em relação à atitude do PMDB do Paraná, pois é o maior partido do Estado, bem organizado e claramente estruturado, que não pode ficar a reboque de apenas uma Secretaria de Estado”, afirmou.


Na opinião do peemedebista, para fazer um Governo de coalizão é preciso discutir as políticas de Governo, ter prioridades e estabelecer metas. Por isso, o deputado Nereu Moura entende que nesse primeiro momento, o PMDB que elegeu a maior bancada da Assembléia Legislativa do Paraná, com 13 cadeiras conquistas, de um total de 54, deve ficar em uma posição de análise, esperando os acontecimentos. (Com Assessoria de Imprensa do deputado)
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas