Nesta segunda, a Câmara de Itaporanga sediará Seminário do Projeto Angra Doce

Nesta segunda-feira (29) a Câmara Municipal de Itaporanga estará sediando, com início às 10h, o 5º Seminário do Projeto Angra Doce, que tem por objetivo fomentar o turismo regional e estruturar os 15 municípios paulistas e paranaenses localizados às margens do reservatório da Usina Hidrelétrica de Chavantes e seu entorno.

Batizada de “Angra Doce” – em alusão à Angra dos Reis-RJ – a região do projeto contempla os municípios de Itaporanga, Barão de Antonina, Fartura, Chavantes, Ourinhos, Canitar, Ipaussu, Timburi, Piraju, Bernardino de Campos, no Estado de São Paulo; e Ribeirão Claro, Carlópolis, Siqueira Campos, Jacarezinho e Salto do Itararé, no Paraná.

O evento contará com a presença do deputado federal Capitão Augusto, autor do Projeto de Lei nº 3.031/15, que institui como Área Especial de Interesse Turístico, denominando-a de Angra Doce, o conjunto formado pelo reservatório da Usina Hidrelétrica de Chavantes e seu entorno.

Na justificação do projeto, o autor argumenta que se desenvolveu às margens da Usina Hidrelétrica de Chavantes um complexo de entretenimento e lazer, com numerosos hotéis e pousadas que permitem o aproveitamento turístico de cachoeiras, piscinas naturais, o próprio lago, vales, ilhas e montanhas como cenário. O entorno do lago da represa de Chavantes é hoje, segundo ele, um destino de importância regional para a prática de diversos esportes, como pesca esportiva, canoagem, vela, trekking, ciclismo de aventura, rapel e asa delta. Além disso, em suas palavras, consolida-se um centro gastronômico que atende aos mais diversos paladares. O parlamentar entende, assim, que o reservatório da represa de Chavantes e seu entorno cumprem todas as condições para que sejam considerados uma Área Especial de Interesse Turístico.

Este projeto já ganhou destaque na emissora de TV GloboNews, com uma reportagem de Fernando Gabeira Veja a reportagem da GloboNews

Compartilhar

Notícias relacionadas