No Bom Dia Ministro, Afonso Florence falou sobre agricultura familiar e ações do Brasil Sem Miséria no meio rural

Ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso FlorenceO ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, foi o entrevistado do programa Bom Dia Ministro desta sexta-feira (04). Durante a entrevista, o ministro deve falou sobre as políticas para a agricultura familiar, como o Plano Safra 2011/2012, e as ações do Brasil Sem Miséria no meio rural. Desde 2003, 4,8 milhões de brasileiros que vivem no meio rural saíram da situação de pobreza. A entrevista é produzida e coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitida ao vivo pela TV NBR

O Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/2012 aperfeiçoa as políticas públicas implantadas nos últimos anos, com três objetivos: aumento da produção de alimentos, geração de renda no campo e organização econômica dos agricultores familiares, assentados da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais. Com R$ 16 bilhões para financiar operações de custeio e investimento do Pronaf, o plano amplia a capacidade de investimento e fortalece a agricultura familiar como agente de desenvolvimento estratégico para o crescimento do Brasil com distribuição de renda e estabilidade. As taxas de juros das linhas de investimento do Pronaf foram reduzidas de 4% para 2% ao ano, e o limite de financiamento foi ampliado para até R$ 130 mil para contratos de investimento.

Ao combinar juros mais baixos, ampliação da oferta de crédito e maior prazo para o pagamento dos financiamentos de investimento, o Plano Safra reforça a diversidade e a sustentabilidade que caracterizam a agricultura familiar brasileira.

Brasil Rural Sem Miséria – Nos últimos anos, a agricultura familiar mostrou ser um importante instrumento de inclusão social e produtiva no meio rural brasileiro. Desde 2003, 4,8 milhões de brasileiros que vivem no meio rural saíram da situação de pobreza, principalmente em função do aumento da renda gerada pelo trabalho na agricultura familiar, segmento econômico que responde por 74% das pessoas ocupadas no campo.

Para superar as condições de pobreza extrema no Brasil, o governo federal lançou o Plano Brasil Sem Miséria, ação que tem como objetivo a inclusão social e produtiva de 16,2 milhões de pessoas que ainda vivem em situação de extrema pobreza no país, com renda mensal per capita de até R$ 70,00. No meio rural, o Ministério do Desenvolvimento Agrário desenvolve novas ações de inclusão produtiva direcionadas a agricultores familiares, silvicultores, aquicultores, extrativistas, pescadores, povos e comunidades tradicionais, remanescentes de comunidades quilombolas.

Com assistência técnica diferenciada contratada por chamadas públicas, o Programa de Fomento a Atividades Produtivas Rurais desenvolve ações que abrangem geração de renda e segurança alimentar e nutricional, com incentivo à produção de alimentos para consumo das próprias famílias e com a comercialização de excedentes produzidos. O programa inclui a transferência de até R$ 2.400,00 por unidade familiar, condicionada à adesão das famílias a um projeto de estruturação produtiva, elaborado e desenvolvido com orientação das equipes técnicas. Sementes de milho, feijão e hortaliças (produzidas pela Embrapa) começam a ser distribuídas às famílias, que também terão acesso à água, tanto para consumo quanto para viabilizar a produção.

O governo também criou o Bolsa Verde, um auxílio trimestral de R$ 300,00 a famílias que preservam os recursos naturais em áreas de conservação e de assentamentos da reforma agrária ambientalmente diferenciados.

Participam do “Bom Dia, Ministro”, ao vivo, as rádios: Verdes Mares (Fortaleza/CE); Gazeta 1260 AM (Maceió); Irecê Líder FM (Irecê/BA); Difusora 640 AM (Goiânia/GO); Sete Colinas AM (Uberaba/MG); Peperi AM (São Miguel do Oeste/SC); Verdes Campos FM (Teresina/PI); Guarathan AM (Santa Maria/RS); Tupi AM (São Paulo/SP); 96 FM (Palmas/TO); Rural de Santarém AM (Santarém/PA); Educadora 107,5 FM (Salvador/BA); Onda Sul FM (Francisco Beltrão/PR); Grande Rio AM (Petrolina/PE); Difusora (Macapá/AP).

O programa é transmitido ao vivo pela TV NBR e pode ser acompanhado por meio do link no portal da Presidência da República  http://www2.planalto.gov.br/. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da “Voz do Brasil”. Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Compartilhar

Notícias relacionadas