No Bom Dia Ministro, Tereza Campello detalha ações do Brasil Sem Miséria

O programa Bom Dia Ministro desta quarta-feira (22/6) entrevista a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello. No programa, que será apresentado excepcionalmente das 9h às 10h, a Ministra vai detalhar as ações do Plano de Superação da Extrema Pobreza – Brasil sem Miséria, que visa a retirar 16,2 milhões de brasileiros da extrema pobreza, por meio de ações de transferência…

 de renda, acesso a serviços públicos e inclusão produtiva. O Bom dia Ministro é produzido e coordenado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e transmitido ao vivo pela TV NBR e via satélite.


Lançado pela presidenta Dilma Rousseff em 2 de junho, o Brasil Sem Miséria pretende incluir a população mais pobre – com renda familiar de até R$ 70 por pessoa – nas oportunidades geradas pelo crescimento econômico brasileiro, por meio de um conjunto de ações que envolvem a criação de novos programas e a ampliação de iniciativas já existentes, em parceria com estados, municípios, empresas públicas e privadas e organizações da sociedade civil. 

O Plano engloba ações nos âmbitos nacional e regional. Na zona rural, por exemplo, incentiva o aumento da produção por meio de assistência técnica, distribuição de sementes e apoio à comercialização. Na área urbana, o foco da inclusão produtiva é a qualificação de mão de obra e a identificação de emprego. Além disso, as pessoas que ainda não são beneficiárias do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) serão incluídas nestes programas de transferência de renda.  

Do público alvo do Brasil Sem Miséria, 59% estão no Nordeste, 40% têm até 14 anos e 47% vivem na área rural. Equipes de profissionais vão localizar, cadastrar e incluir nos programas as famílias em situação de pobreza extrema. Também vão identificar os serviços existentes e a necessidade de criar novas ações para que essa população possa acessar os seus direitos. 

Qualificação profissional – A qualificação profissional é uma das metas do Plano, que pretende levar este serviço a 1,7 milhão de pessoas de 18 a 65 anos, por meio de ações articuladas de governo: Sistema Público de Trabalho, Emprego e Renda; Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica (Pronatec); Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem); obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida; Rede de Equipamentos de Alimentos e Nutrição; e coleta de materiais recicláveis.

Os agricultores familiares também estão incluídos no Plano. Uma das metas do Brasil sem Miséria para a zona rural é aumentar em quatro vezes o número de agricultores familiares, em situação de extrema pobreza, atendidos pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), passando de 66 mil para 255 mil até 2014. Com a expansão, a participação dos agricultores muito pobres no conjunto dos beneficiários do PAA será elevada de 41% para 57%. Atualmente, 156 mil agricultores vendem sua produção para o PAA e a meta é ampliar para 445 mil até o final do atual governo.

Participam com perguntas, ao vivo, as rádios Estadão Espn (São Paulo/SP), 930 AM (Aracaju/SE), Amazonas FM (Manaus/AM), Redesim Sat (Vitória/ES), Grande FM (Dourados/MS), Verdes Florestas (Cruzeiro Do Sul/AC),  Itatiaia (Belo Horizonte/MG),  Gazeta 1260 AM (Maceió/AL), Amiga FM (Registro/SP), Aliança FM (São Gonçalo/RJ), Globo (Natal/RN), Folha (Boa Vista/RR), Difusora (Macapá/AP), Globo (Curitiba/PR), UDESC FM (Florianópolis/SC), Irecê Líder FM (Irecê/BA) e Rural de Santarém (Santarém/PA).

O programa é transmitido ao vivo pela NBR TV e pode ser acompanhado pelo site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República http://www.imprensa.planalto.gov.br/. Para as rádios, o sinal de transmissão é disponibilizado pelo mesmo canal da "Voz do Brasil". Após o programa, o áudio da entrevista estará disponível no site da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. (Da Secretaria de Imprensa/Secretaria de Comunicação Social)
 
Compartilhar

Notícias relacionadas