Nota de pesar da presidenta Dilma Rousseff pelo falecimento do cantor Tinoco

"Ao lado do irmão Tonico, José Perez – o Tinoco – foi símbolo de um país que muitos chamam de caipira, e que, por muito tempo, representou a alma do Brasil rural. Nos sessenta anos de carreira da dupla Tonico e Tinoco, o Brasil se viu refletido em músicas como "Tristeza do Jeca", "Moreninha Linda" e "Chico Mineiro", entre outras, que somadas venderam mais de 150 milhões de discos.

A carreira da dupla abriu o espaço para a música sertaneja nas rádios e, assim, levou a todo o país uma expressão cultural muito particular do Brasil.

Com a morte hoje de José Perez, o Tinoco, a viola brasileira fica mais triste", registrou a presidenta Dilma Rousseff.

Compartilhar

Notícias relacionadas