Notícias de Botucatu

Prefeitura e CPFL preparam troca de iluminação na Dom Lúcio e Santan; Estudantes mexicanos visitam Secretaria Municipal de Educação; Secretaria convida entidades interessadas em participar do Desfile de 14 de Abril; Meio Ambiente lança cartilha;  Futebol Feminino: Botucatu realiza amistoso contra vice- campeã paulista e  Cia. Ópera Mala abre “Viagem Literária” e se apresenta no “Cena Aberta” .

PREFEITURA E CPFL PREPARAM TROCA DE ILUMINAÇÃO NAS AVENIDAS SANTANA E DOM LÚCIO


“Santana” e “Dom Lúcio”, duas das mais importantes e movimentadas avenidas da cidade passarão a receber, a partir da próxima segunda-feira (21) a nova iluminação do programa “Ilumina Botucatu”, desenvolvido em parceria pela Prefeitura de Botucatu e CPFL Paulista.

Por serem dois importantes corredores para o escoamento do tráfego de veículos, a interdição das vias para execução dos serviços foi descartada em reunião na manhã desta terça-feira (15), entre o secretário municipal de Transporte, Vicente Ferraudo e o gerente de cobertura da CPFL Paulista, Giuliano Emanuel Vieira.

A solução encontrada foi a proibição do estacionamento de veículos nos dois sentidos das avenidas nos quarteirões em que estiver ocorrendo a substituição da iluminação. Foi estabelecido um cronograma, com previsão de início de obras na próxima segunda-feira (21) e término na sexta-feira (25). 

Por dia, a troca de luminárias deverá ser feita ao longo de três quarteirões.

Ao todo serão implantados 115 braços em formato de “Y”, com duas luminárias cada, totalizando 230 pontos de luz com lâmpadas de vapor metálico [cor branca] de 250 watts. O investimento, de cerca de R$ 160 mil, além de melhorar o aspecto visual das avenidas, também proporcionará mais segurança para pedestres e motoristas.

Tanto a “Santana” quanto a “Dom Lúcio” foram incluídas na chamada “linha branca”, da qual também fazem parte as avenidas Vital Brazil, Floriano Peixoto, Professor José Pedretti Neto, Leonardo Villas Boas, Deputado Dante Delmanto, além das ruas Major Matheus, Campos Salles e Visconde do Rio Branco [entre a Praça Brasil/Japão até o viaduto Ageo Maurício de Oliveira, que dá acesso à Rodovia Domingos Sartori].

O Largo da Catedral Metropolitana é outro ponto da cidade que receberá iluminação especial. Pelo projeto serão instalados oito postes modelo “veleiro”, com quatro luminárias cada e lâmpadas de vapor metálico de 250 watts. A linha branca servirá inclusive como guia aos motoristas que trafegam pela Cidade e desejam encontrar a saída para as rodovias Marechal Rondon e João Hypolito Martins (Castelinho).
Confira as datas em que será feita a troca da iluminação pública nas avenidas Dom Lúcio e Santana:

21/03 (segunda-feira) 
Avenida Dom Lúcio com Carlino de Oliveira, Julio Marcondes Salgado e Campos Salles.
22/03 (terça-feira) 
Avenida Dom Lúcio com Campos Salles, Visconde do Rio Branco, Prefeito Tonico de Barros e Quintino Bocaiúva.
23/03 (quarta-feira) 
Avenida Dom Lúcio com Quintino Bocaiúva, Cel. José V. Vilas Boas, Major Leônidas Cardoso (Catedral)
24/03 (quinta-feira) 
Avenida Santana com Velho Cardoso, Cel. Fonseca, Djalma Dutra e Pinheiro Machado.
25/03 (sexta-feira) 
Avenida Santana com Pinheiro Machado, Silva Jardim, Sete de Setembro, Newton Prado, Tiradentes até Floriano Peixoto.
Sobre o Ilumina Botucatu – O Ilumina Botucatu é o maior plano de iluminação pública da história do Município. Ele contempla investimentos em expansão, substituição e eficientização dos atuais pontos de iluminação pública e está orçado em R$ 1.866.000,00.
O programa prevê a substituição de 1.312 pontos de iluminação de vapor de mercúrio para vapor de sódio, principalmente na região periférica da Cidade e Distritos.
Além da linha “branca”, Botucatu também terá a chamada linha “amarela”, com lâmpadas de vapor de sódio de 250 watts, que será implantada ainda em 2011 nas rodovias Domingos Sartori e Antônio Butignoli [vias de acesso à Unesp], João Hipolyto Martins [Castelinho], Gastão Dal Farra e trevo de acesso à ITE.  
 

COMUNICADO: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

A Secretaria Municipal de Educação convida as entidades e instituições interessadas em participar do desfile do dia 14 de abril, em comemoração ao aniversário de Botucatu, a participarem da reunião que se realizará nesta quinta-feira [17], às 9 horas, no Salão Azul da Secretaria.

Na ocasião os interessados em participar do desfile deverão levar o histório da entidade ou instituição, informar a necessidade de transporte e o número de pessoas que deverão participar do ato, que será realizado na Rua Amando de Barros.
 Mais informações pelo telefone: (14) 3811-3150.

Serviço
Secretaria Municipal de Educação
Praça Dom Luiz Maria de Santana, nº 176 [Antigo Seminário] – Centro
 

ALUNOS MEXICANOS VISITAM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Na última segunda-feira (14), a Secretaria Municipal de Educação recebeu a visita de 26 alunos de 13 e 14 anos do Colégio Santa Marcelina da cidade de Querétaro, no México. Eles foram recepcionados pelo Secretário de Educação, Narcizo Minetto Júnior. Há dez anos os colégios Santa Marcelina realizam o intercâmbio entre os seus alunos.

Em setembro de 2010, um grupo de estudantes do Santa Marcelina de Botucatu esteve por um mês na cidade de Querétaro, e conheceu um pouco da cultura e os pontos turístico da cidade que tem cerca de um milhão e meio de habitantes e está localizada a 200 km da Cidade do México.

Os estudantes que vieram acompanhados da Irmã Maria Carolina e professora Mirna Denise do Colégio de Querétano, permanecerão 20 dias no Brasil, sendo oito dias em Botucatu, onde conhecerão os prédios históricos da Cidade e seus pontos turísticos.

De acordo com a professora Carmem Tereza Dinucci, uma das visitas será ao Hemocentro do Hospital das Clinicas da Unesp. Durante a estada em Botucatu, os alunos irão também para a cidade de Barra Bonita conhecer a eclusa. No próximo final de semana seguem para São Paulo e em seguida passarão uma semana em Belo Horizonte (MG).
 
MEIO AMBIENTE LANÇA CARTILHA

Na manhã desta quarta-feira [16], no Salão Azul da Secretaria de Educação, foi realizada a solenidade de lançamento oficial das cartilhas ambientais e a entrega de certificados aos colaboradores do Programa de Conscientização Ambiental (PCS).
São mais de quatro mil cartilhas que serão distribuídas nas escolas e em todos os eventos que a Secretaria de Meio Ambiente promover.   “O nosso objetivo com esta cartilha é a Conscientização Ambiental. É fundamental que cada um faça sua parte. Se a gente conseguir aplicar 50% do conteúdo impresso nela, já iremos colaborar muito com o meio ambiente”, explicou Cynthia Zanotto Salvador, secretária municipal do Meio Ambiente.
O informativo conta com 18 páginas explicativas que tratam sobre sustentabilidade, dicas ecológicas e coleta seletiva, além de um explicativo sobre como poupar água e uma seção especial sobre o descarte do lixo.
A publicação é uma parceria entre a Prefeitura de Botucatu, Instituto Ambiental Brasil (responsável pela elaboração e impressão), Embraer/Neiva, Caio Induscar, Curtume Pioneiro, Formall, Globo Usinagem, Fazenda Matão, Areia Rays, Irizar, Isalbra, Lopesco, Plasttech, Proeste Prodive, Tecnaut, Valter Acerra, Fungibrás, Kroma, Grupo Agroarte e Laticínios Gege.

FUTEBOL FEMININO DE BOTUCATU REALIZA AMISTOSO CONTRA VICE-CAMPEÃO PAULISTA

No próximo domingo (20), a equipe de futebol feminino do Botucatu/Ferroviária viaja para São José dos Campos para participar de um amistoso, às 15 horas, contra o time da casa, que atualmente é o vice-campeão do Campeonato Paulista. As meninas de Botucatu são atuais campeãs dos Jogos Regionais e vice dos Jogos Abertos do Interior.

De acordo com o técnico da equipe de Botucatu, Marcelo Marcolin, o interesse da equipe de São José dos Campos em realizar um amistoso contra o time Botucatu/Ferroviária partiu do convite do próprio técnico adversário, que conseguiu o contato por meio da jogadora Bagé, que já defendeu o futebol feminino de Botucatu e hoje faz parte do elenco de São José.

“A participação da equipe em amistosos como estes é sempre visando a preparação das meninas para o Campeonato Paulista. A expectativa é grande apesar de sabermos que não estamos na forma ideal ainda por causa dos treinos que estão sendo feitos para as copas de futsal”, explica.

 

CIA. OPERA MALA ABRE ‘VIAGEM LITERÁRIA’ E SE APRESENTA NO ‘CENA ABERTA’

A Cia. Opera Mala realiza nesta quinta-feira (17) duas apresentações na Cidade com o espetáculo “Baú de Histórias”.
A primeira apresentação será às 15 horas, na Biblioteca Municipal “Emilio Pedutti” onde o grupo marcará o início do programa Viagem Literária, que terá este ano a produção da Secretaria Municipal de Cultura. Na parte da noite, às 20h30, no Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci”, a mesma Companhia se apresenta no segundo dia da Mostra “Cena Aberta”.

O grupo apresentará a coletânea de algumas histórias contadas no programa de TV “Baú de Histórias”, criado e interpretado por Sergio Serrano e Cris Miguel, exibido na TV Cultura e TV Rá-tim-bum.

O espetáculo conta a história de um rei que quer ouvir histórias e oferece um prêmio para aquele que contar a mais longa. Utilizando bonecos de várias técnicas, teatro de sombras, e muita música executada com instrumentos típicos, a dupla de contadores reinventa clássicos e contos de tradição oral de forma dinâmica e bem humorada. Esta peça em 2008 recebeu o prêmio FEMSA por melhor trilha sonora.

Sobre o ‘Cena Aberta’
A Secretaria Municipal de Cultura realiza a Mostra “Cena Aberta” no Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci” entre os dias 16 e 27 de março.

O projeto, que surgiu em 2010, é realizado em parceira com a Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo e traz para a população botucatuense de forma gratuita diversas atrações como oficinas, espetáculos de gêneros infantil, infanto-juvenil, dramático, circense e bate-papo.

As oficinas oferecidas durante a mostra serão duas de interpretação e uma de introdução ao teatro de bonecos e formas animadas na terceira idade e têm em média o limite de 20 vagas. Os interessados em participar devem realizar suas inscrições no próprio Teatro Municipal.
Os ingressos para o “Cena Aberta” são limitados a dois por pessoa e poderão ser retirados no próprio Teatro Municipal a partir das 9 horas até o horário das apresentações.


Confira as atrações do Cena Aberta:
Dia 18 

Neste dia será apresentado o espetáculo “De como fiquei bruta flor”, uma  peça idealizada e realizada pela união das companhias: Cia. Livre; Cia. 8 Nova Dança; Cia. São Jorge de Variedades, Cia. La Leche, Núcleo Argonautas e Núcleo Bartolomeu de Depoimentos.

A peça de gênero dramático, duração de 90 minutos é indicada para a faixa etária acima de 12 anos. É uma história de amor e abandono. Um poema de ações dramáticas no qual duas atrizes, num jogo-revezamento, vivenciam a jornada de uma mulher, que desce ao inferno em busca de si mesma. Bruta Flor é um aprendizado de amor próprio.

Dia 19
O Núcleo Olho de Boi apresenta o teatro de bonecos “Moimórias”, uma homenagem aos idosos, aos antigos ofícios e à memória. A peça, que conta a duração de 50 minutos, é destinada a adultos e público idoso. Em uma antiga oficina, um alfaiate idoso costura suas encomendas, tecendo um mundo próprio, no qual, imaginação, trabalho e memória dançam juntas ao ritmo de uma antiga máquina de costura.

Dia 20 
A Cia. da Tribo apresenta o espetáculo infanto-juvenil “Quixote Caboclo”, voltado para adultos e crianças acima de 10 anos.
A peça é inspirada em poemas, músicas e cordéis do poeta sertanejo Patativa do Assaré. Com direção musical de Magda Pucci, a montagem utiliza-se das linguagens do teatro de bonecos (mamulengo e sombras), cordel, dança popular e trilha sonora especialmente composta para contar a história de um Quixote caboclo que, após aprisionar um pássaro, conta histórias e causos de sua vida para que a ave volte a cantar.
 
Dia 23 
A mostra recebe duas apresentações do Circo Amarillo. A primeira será o teatro de rua “Experimento Circo”, mostrando que na comunicação entre o circo tradicional e o contemporâneo, quatro personagens se juntam para dar vida a uma série de números circenses dentro de um espetáculo com a linguagem popular do circo de rua.

Risco, surpresa, imaginação e cumplicidade com o público, geram uma química união entre crianças e adultos, tornando-o um espetáculo para todas as idades. A música tocada ao vivo e a boa escolha dos fundos musicais faz ressaltar a fineza e precisão da movimentação dos atores.

O espetáculo de classificação livre mescla linguagens de expressão teatral, musica, dança e técnicas circenses como arame, malabarismo, mão a mão, diabolô, malabarismo com fogo, tecido, doble trapézio.

Já no palco o Circo Amarillo apresenta o espetáculo circense “Sem Concerto”, a peça acontece no lançamento de um disco musical, onde o inesperado acontece: o único disco se quebra.
De volta ao estúdio, um novo disco é gravado com a participação de um artista convidado. Durante a gravação os artistas vivem situações inesperadas que proporcionam ao público uma verdadeira viagem musical. Além da música tocada ao vivo, o espetáculo agrega técnicas de circo e clown marcadas pela comicidade que agrada ao público de qualquer idade.
 
Dia 24 
A companhia botucatuense de teatro Chafariz apresentará a peça “Vestígios”. O espetáculo é inspirado no livro “Vestígios de seara alheia” do escritor Marcos Luís Garita.
 
Dia 25
A Cia. Delas de Teatro apresenta o espetáculo infantil “Histórias por telefone” voltado para adultos e crianças a partir de 4 anos. A peça composta por pequenas histórias bem humoradas, repletas de espírito crítico, fantasia e delicadeza.

Toda noite, às nove horas, Senhor Bianchini liga para sua filha e lhe conta uma história inventada, mas não é só ela que aguarda ansiosamente o telefone tocar. Do outro lado da linha estão quatro curiosas telefonistas prontas para se ligar em mais uma história divertida do pai Bianchini. O público é convidado a viajar nessas “Histórias por Telefone” junto com a menina, navegando em situações fantásticas, lúdicas e divertidas numa grande brincadeira.

Dia 26 
A Cia. da Gioconda apresenta o espetáculo infanto-juvenil “Os olhos de Nebul”, voltado para adultos e crianças a partir de 7 anos. No século XXI, Nebul, vítima de uma feiticeira, fica cego. Se abate sobre o casarão onde mora, uma maldição, onde todos tem medo de entrar. Nebul envelhece e se sente sozinho, tendo por companhia seu único filho, em meio de inúmeros aparelhos de segurança, câmeras e circuitos internos.

O filho de Nebul, um jovem, vê o sofrimento e o isolamento que o pai sofre, mas não sabe o que fazer. Um dia, uma velha peregrina, sem temer a maldição, entra no casarão e diz que sabe que a cura é uma água milagrosa. Mas a única informação que dá é que quem sabe o caminho está numa estação de metrô do centro da cidade. O filho de Nebul, vendo que o pai jamais poderá fazer essa jornada, se oferece para ir em seu lugar, mesmo sem saber o que fazer.

Dia 27 
A Cia.BR 116 encerra a Mostra com a peça “O Terceiro Sinal”, indicada o público de faixa etária acima de 14 anos. A apresentação faz parte do Circuito Cultural Paulista.
“Dentro de alguns minutos, sem nenhuma experiência prévia, tendo decorado o texto na última semana e tomado parte em apenas três ensaios, sem ser nem desejar me converter num ator, eu estaria me apresentando diante de uma plateia pagante num dos teatros mais mitológicos do país, sob a direção do mais histórico de seus diretores.” Este é o ponto de partida do ensaio “O Terceiro Sinal”, do jornalista, escritor e dramaturgo Otavio Frias Filho, que relata sua investigação participativa no espetáculo teatral “Boca de Ouro”, dirigido por Zé Celso.
No mesmo dia, após o espetáculo também acontecerá um bate-papo com Beth Coelho.

Oficinas

Dias 17 e 18
Oficina de Interpretação – Coordenação da atriz, dramaturga e diretora Lucienne Guedes da Cia.Livre.

Dia 19
Oficina de Introdução ao Teatro de Bonecos e formas animadas na terceira idade – coordenada por Alexandra Campos Tavares.

Serviço:
Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinucci”
Praça Coronel Moura, 27 – Centro
Telefone: [14] 3882-9004
 
Compartilhar

Notícias relacionadas