Nova usina de leite: prefeito de Itararé reúne-se com diretores da Colaso e cooperados

Nova usina de leite_Itararé1Nova usina de leite_Itararé2Desde que foi decidido pela implantação da nova fábrica de leite da Colaso em Itararé, a relação entre a empresa e o poder público cresce a cada dia. O prefeito Cesar Perucio foi convidado pelo presidente

Antônio Julião e pelo diretor Darcio Bresiane para uma  reunião no último dia (17) na atual sede da Colaso em Itararé. Estiveram presentes ainda, diversos cooperados que puderam ter uma noção exata dos planos da diretoria para a implantação da nova usina de leite em Itararé e da realidade de mercado. Segundo o presidente Antônio Julião, “hoje a produção de leite no Brasil está na seguinte sequência; primeiro estado é Minas Gerais, com praticamente 25% do leite produzido no País; o segundo é o Rio Grande do Sul; o terceiro é o Paraná que ultrapassou Goiás e que passou para o quarto lugar; quinto lugar Santa Catarina e finalmente São Paulo em sexto lugar. Estes seis estados hoje são os principais produtores de leite no Brasil, o que representa praticamente 70% de toda a produção nacional”, disse Julião.
   
Para o presidente, o poder aquisitivo do brasileiro melhorou muito nos últimos anos o que com certeza, segundo ele, fará com que este ano os números no consumo de alimentos cresçam ainda mais, pois é nos alimentos que a economia reflete mais diretamente.
   
Com relação ao mercado externo, o presidente da Colaso disse que não espera muita influência, pois acredita na estabilização do dólar no patamar que está hoje variando entre US$ 1,75 e US$1,85. Com o dólar estabilizado nestes números, a exportação fica mais difícil mas, em contrapartida a importação também fica difícil, o que ajudaria muito o mercado interno com a venda de toda a produção de leite no próprio País. “O recente aumento do salário mínimo no Brasil também irá refletir na economia e principalmente no consumo”, é o que espera o presidente da Colaso. “O Brasil hoje, é a bola da vez no mundo com a Copa do Mundo e Olimpíadas e as oportunidades mercadológicas estão abertas”, frisou Julião.
   
Para finalizar sua explanação, o presidente da Colaso, Antônio Julião disse que “a Colaso hoje é a maior cooperativa do estado de São Paulo na produção de leite. Nós atuamos em 76 municípios para a venda de leite e em 68 para a captação. Com isso aumentamos a nossa entrada do produto, chegando a marca de 260 mil litros/dia. Ampliamos a nossa atual fábrica em Itapetininga em 60% e hoje num raio de 100 a 150 km, temos um mercado consumidor de quase 3 milhões de pessoas, sem considerarmos Campinas e São Paulo. Nossos próximos projetos incluem parcerias nas áreas de produção de queijo, iogurte e cremes de leite e outros”, relatou Julião que concluiu “Itararé está nestes nossos planos de crescimento e a nova usina que será construída aqui e trazida pelo atual prefeito Cesar Perucio, trará muitas oportunidades de emprego para o município, além de aquecer todo o mercado local e regional”.
   
O prefeito Cesar Perucio na oportunidade agradeceu o presidente e toda sua equipe e lembrou: “Foi uma grande conquista para Itararé o acordo fechado para trazer a nova fábrica da Colaso, pois ela estará trazendo progresso para nossa cidade e para a região toda. E ela será construída bem próximo, no bairro do Cerrado, para facilitar a coleta da produção dessa localidade e dos bairros vizinhos que também são fortes produtores, e de outros municípios vizinhos”,  finalizou. (Da Assessoria de Imprensa)

Compartilhar

Notícias relacionadas