Orçamento do Estado do Paraná para 2011 poderá ser remanejado em 7%

O presidente da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa, deputado estadual Nereu Moura (PMDB) vai apresentar no substitutivo geral à lei orçamentária o acréscimo de 2% na capacidade de remanejamento de orçamento de 2011.

O governador eleito Beto Richa poderá contar com 7% e não os mais os 5%, índice previsto, até então, no orçamento para o próximo ano. 


Este foi o resultado da reunião da Comissão de Orçamento com a equipe de transição do futuro governador do Paraná realizada na manhã de hoje (09), na Assembleia Legislativa.  “Esta flexibilização vai permitir que o próximo governo possa dar início a implementação das propostas de campanha”, disse Nereu Moura

 O orçamento de 2011 apresentado pelo Poder Executivo é de R$ 25 bilhões. Com este acréscimo, a futura equipe de governo vai poder remanejar R$ 1,75 bilhão do orçamento. 

Nereu Moura aproveitou a ocasião para destacar que houve acréscimo de receita no Paraná, “o que vai permitir um horizonte fiscal muito bom para o governador eleito Beto Richa”. A prorrogação do prazo em dez dias para a apresentação de emendas ao orçamento de 2011, que a principio terminaria dia 13, também ficou acordado na reunião. O orçamento precisa ser votado em plenário até 15 de dezembro. Foto: Nani Gois – Divulgação Alep
 
Compartilhar

Notícias relacionadas