Pelo segundo ano, Botucatu é apontada como a cidade mais segura do interior paulista

Segurança (3)PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR - FOTO MARCELINO DIAS (2)Contador Semafórico RegressivoEQUOTERAPIA - Foto Marco Magnoni (3)LANÇAMENTO JUBS - Foto Nathaly Silvestre (2)

E mais: João Cury chega à final em duas categorias e Botucatu conquista selo prefeito empreendedor; Contadores regressivos reduzem acidentes nos cruzamentos; Inscrições para o Miss Botucatu terminam dia 5 de abril;  Educação: UNIT abre vagas para cursos de telemarketing e secretariado administrativo; Trânsito: confira a programação do radar de 2 a 6 de abril;  Projeto de equoterapia ajuda no desenvolvimento de crianças; Cultura africana em exposição no "Botuáfrica

2012"; Jogos universitários acontecem em abril; Cães recolhidos pela Vigilância Ambiental podem receber doações de medicamentos e rações; Rua Costa Leite terá vagas rotativas para embarque e desembarque perto de colégios; Assistência Social: Maria Della Coletta assume presidência do Colegiado Estadual de Gestores Municipais;
 

Botucatu, pelo segundo ano consecutivo, foi considerada a cidade mais segura do Estado de São Paulo entre os municípios com mais de 100 mil habitantes. Os dados são da Coordenadoria de Análise e Planejamento da Secretaria dos Negócios de Segurança Pública do Estado de São Paulo, referentes ao ano de 2011.

No levantamento foram considerados cinco itens: homicídio, roubo, furto, furto de veículo e roubo de veículo. Botucatu teve o índice mais baixo em três deles: roubo, furto de veículo e roubo de veículo. A queda nos registros foi acentuada. Em 2007, o Município contabilizou 192 roubos, enquanto em 2011 foram 85.

Já os crimes de furto e roubo de veículos, que em 2005 somaram um total de 219 casos, caíram para 80 no ano passado. O número de homicídios é o quinto menor comparado a 48 cidades do mesmo porte, exceto a Grande São Paulo. Além disso, a taxa desse delito por 100 mil habitantes foi de 5,40, bem abaixo da média do Estado, que chegou a 10.

Segundo o secretário municipal de Segurança e Direitos Humanos, Dr. Adjair de Campos, o bom desempenho é fruto do trabalho incessante dos órgãos de Segurança Pública na Cidade (Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal), que têm realizado ações integradas na manutenção da segurança dos cidadãos botucatuenses.

“A conquista deve-se à integração entre as forças policiais em Botucatu e também à confiança que a sociedade deposita nas mesmas, pois constantemente a população faz denúncias anônimas sobre crimes e criminosos, auxiliando os agentes de segurança no cumprimento dos seus deveres”, comenta.

A Prefeitura Municipal tem investido permanentemente em capacitação do corpo efetivo da GCM, que hoje conta com 65 agentes (antes de 2009, eram apenas 32), armamentos e sistemas informatizados, como o INFOSEG.

Também existem os projetos educacionais e de conscientização, como o “Patrulha da Paz”, “Cidadania e Civismo” e “Corujão”, voltados à prevenção da criminalidade. Vale ressaltar a implantação da base da GCM no Terminal Rodoviário, porta de entrada e saída do Município, o qual chega a registrar uma circulação de 1.500 pessoas por dia e atualmente não possui uma ocorrência sequer.

Profissionais mais preparados – Hoje, a Guarda Civil Municipal disponibiliza aos seus agentes 34 armas de fogo e mais 25 Tasers (armas não letais de condução elétrica) e, segundo o secretário Adjair de Campos, o efetivo está capacitado de forma técnica e psicológica para o uso dos armamentos pela Polícia Federal.

A Secretaria Municipal de Segurança e Direitos Humanos também proporciona constantes treinamentos aos soldados, como o curso ministrado por um dos instrutores da formação das polícias de elite do Rio de Janeiro, que inclui o Batalhão de Operações Especiais (Bope). “Conseguimos prender mais de 200 pessoas sem efetuar um único tiro”, ressalta.

Projetos para 2012 – A Secretaria de Segurança irá inaugurar no próximo dia 13 de abril uma base fixa da GCM na Praça Coronel Moura [Paratodos], que será destinada ao monitoramento da região central.
Além disso, o Poder Público também prepara para este ano a instalação, no prédio da Prefeitura, de uma Central de Controle de Operações, que unificará tanto os monitoramentos na parte de segurança quanto de trânsito e transporte público.

Atualmente, a GCM monitora 86 prédios públicos municipais e com oito câmeras observa atentamente todos os acontecimentos na Praça do Paratodos e ruas Major Matheus, na Vila dos Lavradores, e Amando de Barros, no Centro.
Estatísticas da GCM de Botucatu (2009 / 2011):
– 3.138 patrulhamentos escolares;
– 1.335 ações ambientais e rurais;
– 124 veículos apreendidos;
– 32 veículos recuperados produtos de furto e roubo.

Serviço
Secretaria Municipal de Segurança e Direitos Humanos
Rua Vitor Atti, 145, Vila dos Lavradores
Tel: (14) 3882-0932
Guarda Civil Municipal
Tel: 199  

 


 

 

Projeto de equoterapia ajuda no desenvolvimento de crianças

EQUOTERAPIA - Foto Marco Magnoni (3)

A cada galope, um movimento diferente, mas sincronizado como se fosse um só corpo. O contato e respiração também são intensos. E então, de repente, surge um sorriso. Aquele animal imponente, que antes metia medo, agora é o melhor amigo de atividades físicas.

EQUOTERAPIA - Foto Marco Magnoni (5)EQUOTERAPIA - Foto Marco Magnoni (6)EQUOTERAPIA - Foto Marco Magnoni (7)

Desde março de 2010, cerca de 50 crianças, alunas da Escola Municipal de Educação Especial “Professora Nair Peres Sartori”, e de outras quatro unidades de Ensino Fundamental (Cardoso de Almeida, Rafael de Moura Campos, Jonas Alves de Araújo e Antenor Serra) participam de um projeto de equoterapia no Rancho São Francisco, localizado às margens da Rodovia Gastão Dal Farra, em Botucatu.

O trabalho com cavalos beneficia crianças que possuem dificuldades de aprendizagem, hiperatividade, dislexia, déficit de atenção e problemas de comportamento, tais como conduta de agressividade ou dificuldade de socialização.

Devido aos bons resultados no desenvolvimento destas crianças, a Prefeitura de Botucatu renovou mais uma vez, no início deste ano, o convênio com o Rancho São Francisco. “É uma atividade extra que só agrega valor às nossas crianças. O carinho, respeito, a paciência para com o próximo são estimulados no contato com o animal e todos esses quesitos são assimilados e praticados dentro e fora da sala de aula”, enfatiza o secretário municipal de Educação, Narcizo Minetto Júnior.

A seleção dos alunos é feita pelas coordenadoras pedagógicas das escolas, levando em consideração a necessidade de cada um. Assim, os mais necessitados de terapia são convocados e, em seguida, é enviada uma solicitação aos pais para que estes autorizem a participação da criança no projeto de equoterapia. Se a mesma não puder participar, será convidado um aluno da lista de espera.

Caso as coordenadoras concluam que a criança esteja com algum problema que não permita a prática de equoterapia, será solicitado aos pais ou responsáveis um atestado médico comprovando que ela se encontra liberada para fazer parte do projeto.

A instrutora Maria Gabriela Araújo afirma que a equitação traz muitos benefícios aos praticantes, tais como melhoras na concentração, equilíbrio, coordenação, postura, memória, autoconfiança e até mesmo maior sociabilidade. “A relação do aluno com os animais e com o campo é uma forma de estimular sentimentos como confiança, respeito e amizade”, diz.

As aulas no Rancho São Francisco reiniciaram dia 28 de fevereiro para as escolas de ensino fundamental e dia 12 de março para a Escola Especial Nair Peres.

Equipe – A Prefeitura de Botucatu contrata os serviços do Rancho São Francisco para a realização do projeto. A equipe é constituída por Maria Gabriela Araújo e Catarina Metzler, instrutoras de equitação; Lucas Langoni Cassetari, fisioterapeuta; Milena Sartor Sacamone Savini, fisioterapeuta e pedagoga; e Carolina, psicóloga.

Transporte e alimentação – O rancho fica responsável também pelo transporte e alimentação dos alunos durante as atividades. Para tanto, foi estabelecida uma parceria com a empresa Sant’Anna e a Padaria Seranto.

Aulas para reabilitação – Este ano, os alunos da Escola de Ensino Especial Nair Peres Sartori terão suas aulas no Rancho São Francisco todas as segundas-feiras na parte da manhã.

Como se trata de pessoas que possuem autismo ou algum déficit mental, é elaborada para elas uma proposta de trabalho diferenciada e voltada para reabilitação, coordenação, equilíbrio e estímulo da autoconfiança.

PAEDA – Nas atividades com as crianças das escolas da 1ª a 4ª série, que possuem transtornos de aprendizagem específicos, a equipe tem aplicado o Programa de Atendimento Equoterápico nos Distúrbios de Aprendizagem (PAEDA).

Este método utiliza trabalhos e exercícios que desenvolvem as habilidades específicas dos alunos, tais como memória, percepção e atenção. Vale ressaltar que o Rancho São Francisco é um dos três únicos centros no Brasil que utilizam o PAEDA.

As escolas de ensino fundamental participam do projeto todas as terças, com 20 alunos na parte da manhã e outros 20 à tarde.

Serviço
Rancho São Francisco
Rodovia Gastão Dal Farra, km 4,5
E-mail: [email protected]mail.com
 

Cultura africana em exposição no "Botuáfrica 2012"

No  sábado (31), a Prefeitura de Botucatu, através da Assessoria Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade e em parceria com o Instituto Botucatu, realizou na Sala de Teleconferência da Secretaria da Educação, a exposição dos trabalhos do projeto “Botuáfrica”.

O evento teve início às 17 horas, e seu objetivo é mostrar as obras criadas entre os meses de novembro de 2011 a fevereiro de 2012. Entre os trabalhos que serão expostos estão tecidos estampados à mão e trabalhos dos grupos projeto Evoluir, do Bairro 24 de Maio e projeto Pérola Negra, do Parque Marajoara.

A programação, ainda conta com um desfile de moda, com as roupas elaboradas pelas próprias alunas e uma exposição de fotos do “Botuáfrica” 2012, realizada através do Estúdio Malu Ornelas.

O “Botuáfrica” surgiu em 2010, com o objetivo de formar grupos de trabalho para criar e produzir arte, moda e design, através de oficinas inspiradas na cultura africana. De acordo com a assessora municipal de Políticas de Promoção da Igualdade, Conceição Vercesi, essa mostra é a culminação desses quase três anos de trabalho. “Esse evento é responsável pela propagação da cultura africana. É a concretização de um sonho e um importante passo para o nosso projeto”, concluiu.

Serviço
Data: 31 de março
Horário: 17 horas
Local: Sala de Teleconferência da Secretaria da Educação – Praça Bispo D. Luiz Maria de Santana, 176 – Centro
Telefone: 3354-8427
Email: [email protected]
Mais informações: www.botuafrica.wordpress.com
 

Cães recolhidos pela Vigilância Ambiental podem receber doações de medicamentos e rações

A Associação de Proteção aos Animais de Botucatu (APA) está aceitando doações de medicamentos e rações que serão direcionados aos 130 cães recolhidos na última terça-feira (27) em uma casa na Vila Casa Branca, pela equipe da Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) em parceria com a Polícia Militar. Na oportunidade, os cachorros foram encontrados em condições precárias como falta de higiene e espaço físico incompatível.

A Vigilância informa que os animais estão recebendo cuidados veterinários e quando estiverem em condições serão castrados e doados. As informações sobre como obter esses animais serão divulgadas pela APA, para a imprensa, posteriormente.

Os interessados em ajudar os cães podem entrar em contato através do telefone (14) 9701-2088. Contribuições em dinheiro poderão ser feitas na conta da APA: Banco Itaú 341, agência 0223, conta 47803-3.
 

 


 

Jogos universitários acontecem em abril

LANÇAMENTO JUBS - Foto Nathaly Silvestre (1)LANÇAMENTO JUBS - Foto Nathaly Silvestre (2)

Na manhã de quinta-feira (29), no auditório Cyro Pires da Prefeitura, foi realizada a apresentação do projeto dos Jogos Universitários de Botucatu 2012.

Na oportunidade estiveram presentes o prefeito João Cury Neto; secretário de Esportes e Lazer, Marcelo Marcolin; presidente da Câmara Municipal, André Rogério Barbosa (Curumin); vereador Benedito José Gamito; diretor do Sesi, Otávio Augusto Ferraz Ferreira; além dos responsáveis pela competição Carlos Alberto Conte Júnior e Evandro Ferreira, representantes das atléticas e instituições participantes.

Os Jogos Universitários de Botucatu 2012 devem reunir 600 atletas nas modalidades de futsal, vôlei, basquete, handebol, tênis de mesa, xadrez, atletismo, natação e judô, e a modalidade social que é a arrecadação de alimentos destinados ao Fundo Social de Solidariedade. Além disso, o projeto contempla o plantio de uma muda de árvore nativa à cada atleta inscrito no evento desde 2010.

A competição será realizada no mês de abril entre os dias 9 a 13 e de 16 a 20. As modalidades serão divididas no ginásio municipal “Dr. Mário Covas Júnior”, Estádio Municipal “João Roberto Pilan”, Brasil- Itália e nas dependências do Sesi de Botucatu.

Em 2010 a competição reuniu 200 atletas e teve como campeã geral a Fatec (Faculdade de Tecnologia) que levou para casa a taça da competição em homenagem ao sensei Mateus Sugizaki. Já em 2011 participaram 480 estudantes e a turma da Medicina da Unesp sagrou-se a grande campeã geral.

De acordo com um dos realizadores do JUBs, Carlos Alberto Conte Júnior, este ano a competição já teve maior procura entre as atléticas das faculdades. “Nosso evento é focado totalmente no esporte e está se consolidando cada vez mais. A expectativa é que ele vire uma tradição em nossa Cidade”, comenta.

No ano de 2010 a competição passou a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Município, com a sanção da Lei 5.223 do mesmo ano. Ela é realizada com apoio da Prefeitura de Botucatu.

O prefeito João Cury Neto, em seu discurso, mencionou que o JUBs pode trazer para a Cidade grandes atletas revelações, que enquanto estiverem estudando no Município podem reforçar nossas equipes que disputam competições oficiais como Jogos Regionais e Abertos. “É uma competição de qualidade que investe em ações sociais e, o mais importante, implanta mais uma política de esporte na Cidade”, finaliza.

Mais informações: [email protected]
 

 


 

 

João Cury chega à final em duas categorias e Botucatu conquista selo prefeito empreendedor

PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR - FOTO MARCELINO DIAS (1)

Os grandes vencedores da etapa paulista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor foram conhecidos na noite de quinta-feira (29), em evento realizado no pavilhão do Transamérica Expocenter, em São Paulo. A premiação reconhece os prefeitos que implementaram ações de apoio aos pequenos negócios e incentivaram a cultura empreendedora.

PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR - FOTO MARCELINO DIAS (2)Em sua sétima edição, possui oito categorias: Melhor Projeto (prêmio principal), Compras Públicas dos Pequenos Negócios Locais, Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual, Lei Geral Municipal, Médios e Grandes Municípios (exclusiva para municípios com mais de 150 mil habitantes), Crédito e Capitalização, Planejamento e Gestão Pública para o Desenvolvimento Sustentável e Promoção do Desenvolvimento Rural.

Na edição de 2012 foram 199 inscrições de todo o estado de São Paulo, número que equivale a 30,8% dos municípios paulistas e representa um aumento de 53% em relação às participações da 6ª edição do prêmio (2009-2010). Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, a iniciativa aproxima a agenda municipalista de um assunto fundamental para o país na questão do emprego e renda: o empreendedorismo. “Estamos trabalhando nesta direção para que o tema faça parte prioritariamente da agenda deste novo ciclo de prefeitos que irá se iniciar a partir do ano que vem”, disse Barretto.

“É muito mais tranquilo hoje fazer o debate sobre desenvolvimento econômico e formalização. O prêmio se transformou em um eixo importante. O prefeito que disputa a eleição pensa em desenvolver sua cidade e certamente o tema da micro e pequena empresa faz parte dessa estratégia”, assinalou Luiz Barretto.

PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR - FOTO MARCELINO DIAS (3)O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, vencedor da categoria Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual, disse que o prêmio incentiva os gestores a investirem em políticas públicas e sustentabilidade. Segundo o vice-governador Guilherme Afif Domingos, a competição positiva gerada pela iniciativa faz com que os prefeitos a cada ano invistam mais em projetos de apoio às micro e pequenas empresas.

O presidente do Conselho do Sebrae em São Paulo, Alencar Burti, ressaltou que a cada ano o Prefeito Empreendedor fica mais emocionante. “Prefeitos e sociedade trabalham juntos, ajudando a gerar leis municipais que beneficiam os pequenos negócios”.
Botucatu – Dentre os gestores, 91 foram selecionados para receber o certificado com o Selo Prefeito Empreendedor, em razão dos projetos consistentes apresentados ao concurso, que contemplam uma política desenvolvimentista integradora, abrangente e inovadora. Essas iniciativas foram relatadas no Livro do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

Botucatu foi um dos destaques da premiação, que teve como mestre de cerimônias a jornalista Carla Vilhena e a presença de personalidades como o vice-governador Guilherme Afif Domingues; o ex-governador José Serra e o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Além de conquistar o Selo Prefeito Empreendedor, o prefeito João Cury Neto chegou à final em duas categorias: “Promoção do Desenvolvimento Rural” e “Melhor Projeto”, considerado o prêmio mais importante da noite.

Ao avaliar as iniciativas empreendedoras desenvolvidas no município, o Sebrae destacou o fato da prefeitura entender que o incremento dos pequenos negócios deve fazer parte de uma ação integrada com o desenvolvimento de diversos setores. “Não queremos crescer a qualquer custo. Pelo contrário. Pretendemos, em primeiro lugar, oferecer à nossa população serviços públicos de qualidade. E é possível conciliar isso com o desenvolvimento e a atração de empresas, desde que haja uma preocupação com equilíbrio do tripé ambiental, econômico e social”, comenta Cury.

Entre as ações apontadas como importantes para impulsionar o desenvolvimento e estimular ações empreendedoras foram citadas a criação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, que articula os diversos setores produtivos e traduz em realidade o discurso do planejamento sustentável; a formação da Associação dos Empreendedores Populares e o apoio da Prefeitura para a formalização de 50 ambulantes do Centro Comercial Popular; a viabilização da compra de parte dos itens da merenda escolar direto de pequenos produtores rurais, além da criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

A consolidação de Botucatu como pólo de saúde no estado, a instalação do Poupatempo, a criação do Parque Tecnológico e o crescimento do turismo de aventura também foram apontados como fatores importantes para que o município ganhasse o Selo Prefeito Empreendedor. O município foi apontado entre os três melhores na categoria Promoção do Desenvolvimento Rural.

O secretário adjunto de Agricultura, Márcio Campos, que participou da cerimônia de premiação, elenca alguns pontos que considera importantes para o resultado. “A estruturação do Fundo de Desenvolvimento Rural Sustentavel para apoio financeiro a projetos de associações e cooperativas rurais foi um grande avanço, assim como a criação da Sala do Produtor Rural, espaço de incubação de associações de produtores rurais. Também investimos na aquisição de máquinas agrícolas para prestação de serviços aos produtores rurais e nas compras governamentais de produtos alimentícios da agricultura familiar para a alimentação escolar. Também podemos destacar a criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para fomento da agroindustrialização e o poio técnico e financeiro ao associativismo e cooperativismo”.

O prefeito João Cury Neto foi bastante cumprimentado e saiu satisfeito com sua primeira participação no prêmio. “Entre quase duzentos municípios ser selecionado para receber o selo já considero um grande reconhecimento ao trabalho que estamos realizando na Prefeitura, voltado a apoiar os micro e pequenos empreendedores. Chegar a duas finais e uma delas ser do prêmio principal, é um resultado fantástico. Isso é fruto do trabalho em equipe, desenvolvido pelo poder público, por entidades e pela sociedade. Todos estão de parabéns. Essa primeira experiência nos mostra que temos um longo caminho a ser percorrido mas o mais importante é que estamos no rumo certo”.
Conheça todos os vencedores em São Paulo:

Melhores Projetos
1º Lugar – Vitor Lippi (Sorocaba)
2º Lugar – Emilio Bizon Neto (São Sebastião da Grama)
3º Lugar – Marco Aurélio Bertaiolli (Mogi das Cruzes)

Médios e Grandes Municípios
Milton Carlos de Mello (Presidente Prudente)

Planejamento e Gestão Pública para o Desenvolvimento Sustentável
Eduardo Pedrosa Cury (São José dos Campos)

Compras Públicas dos Pequenos Negócios Locais
Maria Rosa de Mendonça Silva (Cubatão)

Promoção do Desenvolvimento Rural
Adriana Dearo Del Bem (Conchas)

Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas
Jamil Akio Ono (Andradina)

Crédito e Capitalização
Jamil Akio Ono (Andradina)

Formalização de Pequenos Negócios e Apoio ao Empreendedor Individual
Gilberto Kassab (São Paulo)

Prefeituras contempladas com o Selo Prefeito Empreendedor:
Aguaí, Agudos, Altinópolis, Andradina, Araraquara, Artur Nogueira, Atibaia, Bauru, Bocaina, Botucatu, Caieiras, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capivari, Catanduva, Conchas, Cubatão, Descalvado, Diadema, Dracena, Embu das Artes, Franca, Franco da Rocha, Garça, Guaiçara, Guararapes, Guararema, Guarujá, Guarulhos, Ibirá, Ibitinga, Igaraçu do Tietê, Ilha Solteira, Itaberá, Itapetininga, Itatiba, Itu, Ituverava, Jaboticabal, Jaguariúna, Jundiaí, Laranjal Paulista, Lençóis Paulista, Lins, Macatuba, Martinópolis, Mauá, Mogi das Cruzes, Mongaguá, Narandiba, Nova Odessa, Novo Horizonte, Olímpia, Osasco, Osvaldo Cruz, Peruíbe, Piracicaba, Pirassununga, Porto Feliz, Potirendaba, Pracinha, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santa Adélia, Santa Cruz do Rio Pardo, Santa Rita d’Oeste, Santa Rosa de Viterbo, Santo André, Santo Antônio da Alegria, Santo Antônio do Pinhal, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José dos Campos, São Miguel Arcanjo, São Paulo, São Sebastião da Grama, Sertãozinho, Sorocaba, Sud Mennucci, Sumaré, Taboão da Serra, Taquarituba, Tarumã, Tatuí, Torrinha, Tupã e Votuporanga.

Opinião:

“É motivo de muita satisfação ver o prefeito da minha cidade indicado em duas categorias e figurar entre os oito finalistas do prêmio principal. Estávamos disputando com municípios de grande porte, como Piracicaba, Sorocaba, Santos que contam com orçamentos que permitem grandes investimentos. A capacidade empreendedora do nosso município foi comprovada, mais uma vez e isso só aumentar o orgulho de ser botucatuense”.
(Welligton Lopes, secretário municipal de Governo)

“A participação de Botucatu no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor foi muito importante porque demonstra que o município está no caminho certo. O trabalho conduzido pelo prefeito vai além do convencional e busca novas alternativas para estimular o micro e pequeno empreendedor. Entre quase duzentos municípios ser classificado entre os oito melhores projetos é um resultado bastante positivo e que merece ser comemorado”.
(Luiz Augusto Felippe, secretário municipal de Administração)

“O Prefeito João Cury foi destaque no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor este ano nas ações de Desenvolvimento Rural e finalista entre os melhores projetos do Estado de São Paulo, mostrando que Botucatu tem projetos empreendedores tanto na área rural e urbana. Isso serve de estímulo para que nossas ações continuem criando o ambiente favorável ao desenvolvimento do trabalho dos micro e pequenos empreendedores”.
(Márcio Campos, secretário adjunto de Agricultura e Abastecimento)
 

 


 

Contadores regressivos reduzem acidentes nos cruzamentos

Contador Semafórico Regressivo

Dados levantados pela Secretaria Municipal de Transporte (Semutran) em parceira com a Polícia Militar (PM) apontam que em 2010 Botucatu registrou, nos cruzamentos semafóricos, 75 acidentes e em 2011 este número caiu para 57, ou seja, 24%.

Esta redução significativa também se deve a uma inovação tecnológica incorporada ao trânsito de Botucatu pela atual administração: os contadores regressivos semafóricos, que foram amplamente aprovados pela grande maioria dos motoristas e pedestres que circulam pela Cidade.

No total Botucatu conta com 31 cruzamentos semafóricos, sendo que 16 deles possuem contadores (confira a lista abaixo). Instalados no mês de junho de 2011, esses novos aparelhos foram responsáveis pela redução de 36% dos acidentes com vítimas e 14%, sem vítimas.

O secretário municipal de Transporte, Vicente Ferraudo, explica que como medida de engenharia para a redução de acidentes, os contadores semafóricos têm uma grande importância já que Botucatu assinou no ano passado o pacto mundial elaborado na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no qual compromete os países, entre eles o Brasil, a desenvolverem nos próximos dez anos ações concretas para a redução em 50% do número de feridos e mortes causadas no trânsito.

“Em menos de um ano Botucatu obteve bons resultados. Então isso quer dizer que os dados de redução seriam ainda mais expressivos se todos os cruzamentos possuíssem contadores desde janeiro do ano passado”, ressalta.

Mas expectativa é justamente que esta redução no número de acidentes continue de forma expressiva em Botucatu e para isso a Semutran já realizou no começo de 2012 a aquisição de mais 25 equipamentos que farão com que todos os semáforos disponham desse novo recurso. O processo de compra já foi concluído pela Copel (Comissão Permanente de Licitações), um investimento de R$ 2.000,00 por aparelho em média. A intenção da Semutran é que todos os cruzamentos, que não possuem contadores regressivos, sejam contemplados com a nova tecnologia até o final de abril.

Cruzamentos que possuem contadores regressivos
Av. Dom Lúcio x R. Campos Salles
Av. Dom Lúcio x R. Major Leonidas Cardoso
Av. Santana x R. Newton Prado
Av. Floriano Peixoto x R. Tiradentes
Av. Floriano Peixoto x Av. Santana
Av. Floriano Peixoto x Av. Vital Brasil
Av. Leonardo Villas Boas x R. Major Matheus
R. Major Matheus x R. Floriano Simões
R. João Passos x R. Djalma Dutra
R. João Passos x R. Moraes de Barros
R. Major Matheus x R. Galvão Severino
R. Brás de Assis x R. Dinorah C. Barros
Av. Vital Brasil x R. Cel. Fonseca

Cruzamentos que receberão os contadores
Av. Santana x R. Cel. Fonseca
Av. Dom Lúcio x R. Visconde do Rio Branco 
Av Leonardo Vilas Boas x Virgilio Bartoli 
Av Leonardo Vilas Boas x Lincon Vaz
Av Vital Brazil x Pinheiro Machado
R. Costa Leite x Visconde do Rio Branco
R. Costa Leite x Campos Salles
R. General Telles x Quintino Bocaiuva
R. Curuzu x Siqueira Campos
R. João Passos x Marechal Deodoro
R. João Passos x Visconde do Rio Branco
Av. Dom Lúcio x Júlio Marcondes Salgado


Rua Costa Leite terá vagas rotativas para embarque e desembarque perto de colégios

A partir da próxima quinta-feira (5 de abril), a Secretaria Municipal de Transporte (Semutran) colocará em prática mudanças no estacionamento de veículos na Rua Dr. Costa Leite, Centro, próximo aos colégios Santa Marcelina e La Salle, que somam cerca de 2,2 mil estudantes.

Logo após os portões principais de entrada e saída destas unidades educacionais serão criados espaços rotativos com 16 vagas cada, devidamente sinalizados com placas e pintura de solo. Eles poderão ser utilizados para embarque e desembarque de pessoas por no máximo cinco minutos. Para tanto, os veículos deverão permanecer com o pisca alerta ligado. A fiscalização, como já acontece, será feita pela Polícia Militar.

No total, o trecho entre as ruas Coronel Fonseca e José Dal Farra, que compreende os dois colégios, contará com 60 vagas do lado esquerdo e 63 no lado direito, incluindo as vagas fixas, para deficientes e vans.

A medida se fará necessária com o objetivo de reorganizar o trânsito no local e agilizar o fluxo de veículos que passam principalmente nos horários de pico, ou seja, de entrada e saída de alunos: 7 horas; 12h40 às 13 horas; e 17 horas.

Nestes períodos, com a escassez de vagas para estacionamento à disposição, muitos pais, na hora de deixar ou pegar o filho no colégio, se arriscavam em parar o carro em fila dupla, prática proibida pelo Código Brasileiro de Trânsito, e que acarretava multas graves (R$ 127,69) aos motoristas e intensos congestionamentos. Multas leves (R$ 53,20) também eram expedidas aos veículos que se utilizavam de forma incorreta das vagas destinadas exclusivamente às vans escolares.

A decisão para a criação destes novos espaços de embarque/desembarque foi tomada em comum acordo após reunião do Conselho Municipal de Segurança que contou com representantes da Semutran, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal (GCM), Associação dos Transportadores de Alunos, dos colégios Santa Marcelina e La Salle, e principalmente pais e alunos.

Após essa alteração, a Semutran estudará a possibilidade de ampliar as áreas de estacionamento rotativo também para a Rua Coronel Fonseca, logo após o portão lateral do Santa Marcelina.

Serviço – A Semutran atende a população pelo telefone gratuito 156. Críticas, sugestões e elogios também podem ser feitos pelo telefone 3813-3515. O contato ainda pode ser estabelecido através da internet com envio de e-mail para o endereço “[email protected]”. O horário de atendimento da Semutran e do telefone 156 é de segunda à sexta-feira das 7 horas às 11h30 e das 13 às 17 horas.
 

Assistência Social: Maria Della Coletta assume presidência do Colegiado Estadual de Gestores Municipais

Maria Della Coletta - eleição Colegiado dos Gestores Municipais em Assistência Social (1)Maria Della Coletta - eleição Colegiado dos Gestores Municipais em Assistência Social (2)

Na próxima segunda-feira (2), a secretária municipal de Assistência Social, Maria Della Coletta assumirá a presidência do COEGEMAS (Colegiado Estadual dos Gestores Municipais). É a primeira vez que uma dirigente de Botucatu ocupa o cargo. O mandato da nova diretoria é de dois anos.

O COEGEMAS tem por finalidades lutar pela autonomia dos municípios; congregar os gestores municipais de assistência social, funcionando como espaço permanente de intercâmbio de experiência social a nível estadual; atuar de todas as formas para garantir o cumprimento da LOAS; o direito da população às ações e serviços de assistência social.

“Para mim é uma honra ocupar esse espaço e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade. Mas é extremamente positivo porque nos motiva a investir cada dia mais na melhoria do nosso trabalho. Estamos muito felizes já que colocamos a assistência social e o município de Botucatu como protagonistas nos cenários estadual e federal”, avalia Della Coletta.

A secretária garante que só assumiu porque conta com respaldo do prefeito para colocar a política de assistência social entre as prioridades do governo. “Tenho aval do João para implementar as ações com embasamento técnico e de acordo com a necessidade da população que atendemos. Isso fez com que Botucatu se tornasse uma referência na área de assistência social”.

A nova presidente pretende promover reuniões regionais para tratar de questões conjuntas para fortalecer os municípios.

CONGEMAS – Entre os dias 21 e 23 de março, Maria Della Coletta participou do XIV Encontro Nacional do CONGEMAS (Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social). O evento aconteceu em Fortaleza (CE) e reuniu aproximadamente 2.500 participantes de vários estados, entre prefeitos, gestores, técnicos, conselheiros, trabalhadores da sociedade civil e pesquisadores.

O encontro discutiu a implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e as ações do Plano Brasil sem Miséria nos municípios, reforçando a necessidade da intersetorialidade para a consolidação das ações de combate à pobreza e extrema pobreza no país.

O evento também visou fortalecer a formação e articulação política dos gestores municipais de Assistência Social, para a efetivação da Política de Assistência Social como política pública, considerando os princípios e diretrizes do Sistema Único de Assistência Social quanto à universalidade, descentralização e intersetorialidade.

Durante o evento ocorreram palestras, painéis, oficinas, debates, minicursos, apresentações culturais, dentre outras atividades, coordenados por gestores e pesquisadores da Política de Assistência Social de todo o Brasil.
Della Coletta participou do encontro na condição de delegada do Estado de São Paulo. Durante o evento foi realizada a eleição para compor a nova diretoria do órgão e a gestora de Botucatu garantiu uma das vagas. Ela também ocupará a função de articuladora da região Sudeste, representando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo nas discussões junto ao Governo Federal para implantação das políticas públicas de assistência social.

“Vamos ajudar a construir a agenda política e Botucatu estará no centro da discussão dos principais temas que envolvem nosso setor. Também participarei de câmaras temáticas que fornecem subsídios para a atuação do Conselho Nacional da Assistência Social”, enfatiza.

 


 

 

Inscrições para o Miss Botucatu terminam dia 5 de abril

No dia 12 de abril (quinta-feira), às 19h30, durante a “Noite Cultural” no largo da Catedral, que compreende as festividades de 157 anos de emancipação político-administrativa do Município (14 de abril), será realizado o concurso Miss Botucatu 2012. A vencedora será premiada com um contrato de publicidade com a empresa S’Olleir Cosméticos,  uma bolsa de inglês ou espanhol na escola de línguas CNA, e a possibilidade de participar do Miss São Paulo, além de outras cortesias que estão sendo elaboradas pela Comissão Organizadora.

Para participar do concurso, as candidatas devem preencher os seguintes requisitos: ter entre 18 e 26 anos até a data de realização do evento; possuir altura de no mínimo 1,58 metros; e ser solteira. As inscrições podem ser feitas pelo link http://www.botucatu.sp.gov.br/157anos/Inscreva-se.html ou na Diretoria de Eventos, localizada na Secretaria Municipal de Educação.

É necessário o envio de duas fotos recentes e datadas através da inscrição pelo site, sendo uma de rosto e outra de corpo inteiro. Caso a candidata não tenha suas fotos em arquivo digital, deverá enviá-las através de correspondência com o título “Miss Botucatu” para o seguinte endereço: Praça Dom Luiz Maria Santana, 176, Centro – CEP – 18600-311.

O edital completo pode ser acessado no site www.botucatu.sp.gov.br/157anos. Outras informações pelo telefone (14) 3811-3160, na Diretoria de Eventos.

Serviço
Concurso Miss Botucatu 2012
Data: 12/04/2012
Horário: 19h30
Local: Largo da Catedral

 


 

 

Educação: UNIT abre vagas para cursos de telemarketing e secretariado administrativo

A Unit (Universidade do Trabalhador), através do programa “Todos pelo Emprego”, iniciará em abril os cursos de Telemarketing e Secretariado Administrativo. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação e da Subsecretaria de Indústria, fez um investimento de R$ 5.700,00 em contratação da Ambiel RH, responsável pela execução dos mesmos.
Os cursos serão realizados de abril a junho, no período noturno, sempre das 19 às 22 horas, uma vez por semana. Com uma carga horária de 40 horas cada, a quantidade de vagas por turma será de 20 pessoas. Vale ressaltar que as aulas serão vivenciais, ou seja, tanto teóricas quanto práticas.
Os interessados devem procurar o polo da Unit I, localizado na Rua Moraes Barros, 357, Centro, onde poderão fazer suas inscrições até o dia 13 de abril. Mais informações pelos telefones (14) 3811-1449, na Subsecretaria de Indústria e Comércio, e (14) 3814-0574, na Ambiel RH.

Curso de Telemarketing – Às terças-feiras, das 19 às 22 horas
O objetivo do curso de Telemarketing é qualificar pessoas interessadas em atuar na aplicação integrada e sistemática de tecnologias de telecomunicações, objetivando ações padronizadas e contínuas de marketing.

Conteúdo Programático:
– O que é telemarketing; Histórico; Aspectos legais
– Tipos de telemarketing; Ética
– Gravação e Monitoramento
– Como ouvir; Erros comuns na comunicação
– O telemarketing para vendas, para cobrar
– O telemarketing como instrumento de pesquisa
– O telemarketing como sistema de fidelização
– O passo a passo da excelência no atendimento

Curso de Secretariado Administrativo – Às quartas-feiras, das 19 às 22 horas
O objetivo deste curso é o de fortalecer as competências, habilidades e atitudes do público atuante ou interessado em atuar na área de secretariado. Espera-se como resultados a melhoria da qualificação técnica dos profissionais das áreas administrativa, secretariado, recepção e atendimento das empresas públicas e privadas na cidade de Botucatu visando aumentar a retenção desses profissionais e a diminuição da rotatividade nas empresas, com o consequente aumento da empregabilidade deste público.

Conteúdo Programático:
– Atitude, Postura e Comportamento adequado no Trabalho
– Técnicas de Comunicação, uso de internet
– Relacionamento Interpessoal e Inteligência Emocional
– Organização de Viagens, Eventos e Recepções
Critérios e forma de inscrição
– Escolaridade: Ensino médio completo
– Estar desempregada (o) e ter interesse em trabalhar na área

Serviço
Ambiel RH
Rua Prudente de Moraes, 741
Telefone: 3814-0574 / 9129-5518

Subsecretaria Municipal de Indústria
Praça Prof. Pedro Torres, 100, Centro
Telefone: 3811-1449
 

 


 

Trânsito: confira a programação do radar de 2 a 6 de abril

A Secretaria Municipal de Transporte (Semutran)  informa que, na próxima semana, a fiscalização eletrônica de veículos estará nos seguintes locais: Avenida Professor Raphael Laurindo, segunda-feira (2 de abril); Avenida Professor Pedretti Neto, terça-feira (3); Rua Dr. José Barbosa de Barros, quarta-feira (4); e Avenida Dante Delmanto, na quinta e sexta-feira (5 e 6).

Sobre a fiscalização eletrônica – Um profissional capacitado da Semutran realiza estudos técnicos das vias que podem receber o auxílio desta tecnologia, que fotografa o veículo no dia, hora e local exato onde foi cometida a infração.

Como a proposta é de disciplinar o trânsito, a Semutran informa sempre em seu site [http://semutran.botucatu.sp.gov.br], de forma antecipada, todos os dias e locais onde estará instalado o radar. A intenção é que os motoristas simplesmente respeitem os limites de velocidade todos os dias, como prevê a Lei de Trânsito, independente onde esteja o radar.

Infrações – A multa pelo excesso de velocidade varia de acordo com a infração cometida. Quando o motorista ultrapassa a velocidade em até 20% do limite estabelecido, a multa é de natureza média, custa R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Acima de 20% até 50% da velocidade prevista, a multa é considerada grave: R$ 127,69 e cinco pontos na CNH. Caso o condutor atinja velocidade acima de 50% do definido para a via, o ato é entendido como gravíssimo, a multa chega a R$ 574,72, e o direito de dirigir é suspenso imediatamente.

Serviço – A Semutran atende a população pelo telefone gratuito 156, com críticas, sugestões e elogios que também podem ser feitos pelo telefone 3813-3515. O contato ainda pode ser estabelecido através da internet com envio de e-mail para o endereço “[email protected]”. O horário de atendimento da Semutran e do telefone 156 é de segunda à sexta-feira das 7 horas às 11h30 e das 13 às 17 horas.

Compartilhar

Notícias relacionadas