PIB de São Paulo cresce acima da taxa nacional

Produto Interno Bruto cresceu 7,4%, em 2007 e alcançou R$ 902 bilhões.  Os bons resultados da economia paulista fizeram o PIB (Produto Interno Bruto) do Estado de São Paulo crescer acima da média nacional, segundo levantamento mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Os dados são relativos a 2007 e mostram um crescimento de 7,4% em relação ao ano anterior. A média do país ficou em 6,1%.

 

A última divulgação de PIBs regionais foi de 2006. O crescimento acima da média nacional em 2007 repete o desempenho dos anos anteriores. Em 2004, São Paulo cresceu 6,1%, contra alta 5,7% no Brasil. Em 2005, foram 3,5%, contra 3,2%, e, em 2006, o crescimento ficou igual (4,0%).

O estudo do IBGE e do Seade, "Contas Regionais", que consolida os resultados do PIB de todos os estados da federação, concluiu que o PIB paulista chegou a R$ 902 bilhões em 2007 e em termos per capita registrou R$ 22.667,00, enquanto a média nacional foi R$ 14.183,00.

A economia paulista manteve sua participação em 34% face ao conjunto do país, a mesma média dos dois anos anteriores, sendo que a indústria de transformação do estado representa 44,4% do Brasil. O resultado paulista deve-se aos investimentos e ao comportamento positivo de alguns setores de sua economia, como agropecuária, indústria, serviços, além da queda do desemprego e da expansão da renda e do crédito.

 

Compartilhar

Notícias relacionadas