Piraju: CDHU esclarece sobre inscrições de casas populares

A Prefeitura da Estância Turística de Piraju recebeu nesta sexta-feira (14/3) informações da CDHU sobre a previsão de início das inscrições das casas populares do novo conjunto habitacional.

A CDHU (Companhia para o Desenvolvimento Habitacional e Urbano),  através da gerente de logística e apoio regional Isabel Hitomi Miyaoka esclarece que as inscrições de mutuários só poderão ser abertas após a conclusão de 70% das obras de construção do novo conjunto habitacional “Piraju G”.

A CDHU também informa os  requisitos exigidos para a inscrição:

A renda familiar obrigatória é de um a dez salários mínimos;

A família deve comprovar pelo menos os últimos 03 (três) anos de residência ou trabalho no Município;

Não possuir propriedade ou financiamento de imóvel em qualquer parte do território nacional; 

Não ter sido atendida anteriormente por Programas Habitacionais da Secretaria da Habitação/CDHU ou outros agentes promotores de atendimento habitacional de moradias populares destinadas à famílias de baixa renda;
Importante ainda informar que, em observância à legislação vigente, parte das moradias deve ser destinada a grupos específicos, sendo:
7% (sete por cento) para atendimento de famílias com membros portadores de deficiências graves e/ou irreversíveis;
5% (cinco por cento) para atendimento de indivíduos idosos (60 anos ou mais);
4% (quatro por cento) para atendimento de policiais civis e militares e agentes de segurança ou de escolta e vigilância penitenciária;
Os programas habitacionais da Secretaria de Estado da Habitação/CDHU, observadas as demais condições de cada programa habitacional, atendem:
1.        Famílias resultantes de casamento civil ou religioso;
2.        Famílias resultantes de união estável;
3.        Famílias resultantes de união homoafetiva;
4.        Famílias monoparentais;
5.        Famílias anaparentais;
6.        Indivíduos sós, com 25 anos ou mais;
7.        Famílias afetivas.

Compartilhar

Notícias relacionadas