PM realizou Operação Direção Segura

A Polícia Militar, com um efetivo de treze soldados comandados pelo tenente Marcos Veloso e pelo sargento Veiga, realizou nesta quinta-feira(20), a Operação Direção Segura, uma ação policial que além da fiscalização de trânsito, abrangeu outros tipos de abordagem, dentre esses, o de  motoristas suspeitos de embriagues, os quais foram submetidos ao teste de bafômetro. 

 

O tenente Marcos explicou que esse tipo de operação vem sendo realizado com freqüência em todos os municípios da região, principalmente nos finais de semana, período que apresenta maior número de pessoas embriagadas ao volante. “Nem todos os fiscalizados são submetidos ao bafômetro. Apenas os que visivelmente apresentarem sinais de possível embriagues. No caso, o condutor é submetido ao teste e se o resultado do aparelho apresentar quantidade de álcool no sangue superior a 0,13mg/L, será lavrado uma multa de R$ 950,00 e esse condutor será encaminhado à Delegacia de Polícia que abrirá um inquérito por crime de infração ao Código Brasileiro de Trânsito, que prevê ainda a suspensão da carteira de habilitação por um ano”.

Essa operação em Itaporanga foi iniciada às 22 horas e terminada às 01h14 desta sexta-feira, com bom resultado de fiscalização e orientação. Os policiais posicionaram-se na Avenida Santa Cruz e posteriormente na Avenida Nathália Valente Ferraz(entrada da cidade).

O ItapoNews acompanhou de perto todo o trabalho da polícia e observou que todos os fiscalizados não se aborreceram e até gostaram da ação da Polícia Militar.

A comerciante Dorcília Barbosa por exemplo, achou muito bom esse trabalho da PM. “Deveria ser feita com mais freqüência em Itaporanga, onde existe muitas pessoas que dirigem alcoolizadas. Essas pessoas não pensam no que pode acontecer. Isso tem causado acidentes terríveis. E não é só o problema de álcool, mas das outras drogas também”, comentou.

Sebastião Geraldo DiasPara Sebastião Geraldo Dias, esse trabalho da PM é uma coisa muito importante. “A bebida provoca muitos estragos e quem bebe acha que está com tudo na vida e sai por aí em alta velocidade e dando cavalinho de pau. Quem bebe não deve por a mão no volante”, enfatizou.

O comerciante João Melo concorda com a ação da polícia. “Deveria ter  mais ações como esta nos fins de semana e durante as festas”, observou.

Para o técnico em informática, Leandro Ap. Rodrigues, 21 anos, que demonstrou ao tenente Marcos conhecer bem as conseqüências e as  penalidades de dirigir embriagado, como por exemplo a multa, e os problemas com a justiça, aquela operação policial era ótima. “Isso é bom para pegar os que abusam, aqueles engraçadinhos”, disse ele.  Leandro Aparecido Rodrigues

 

Compartilhar

Notícias relacionadas