Polícia Militar do Paraná recupera em Joaquim Távora a Hilux furtada em Itaporanga-SP

Nota da Assessoria de Comunicação Social do 2º BPM-PR, informou que “por volta das 16h deste quarta-feira (19) a equipe recebeu a informação de um indivíduo, o qual não quis ser identificado, de que na rua Joaquim José Correia, em Joaquim Távora-PR, havia uma caminhonete Hilux prata estacionada desde às 10h. Informou que no período da manhã viu quando um rapaz, utilizando uma tornozeleira eletrônica, parou e estacionou a caminhonete na via e posteriormente se dirigiu até a sua residência que fica a uma quadra a frente.

Acerca disso, vale destacar que este último indivíduo já é conhecido no meio policial tanto por suas passagens quanto pelas inúmeras denúncias que chegam ao conhecimento das equipes de que há intenso tráfico de drogas em sua residência., bem como ele também está fazendo uso de tornozeleira eletrônica.

Ante ao exposto, a equipe se deslocou até o local onde estava o veículo e, após consulta, foi constatado que de fato a caminhonete era furtada (Boletim de Ocorrência n° 62/2020 registrado na cidade de Itaporanga/SP).

Diante disso, em meio às informações até então obtidas pelas equipes – RPA de Joaquim Távora e Serviço Reservado – que colocavam o citado indivíduo como principal suspeito de estar em posse do veículo furtado, e a possibilidade da chave da caminhonete ainda estar em sua casa, a equipe juntamente com o apoio do Serviço Reservado dirigiu-se até a residência dele; no local, em contato com este, foi solicitado permissão para que pudesse ser feita uma busca em seu domicílio no intuito de encontrar a chave da caminhonete.

Após cientificado, o suspeito permitiu a entrada da guarnição, conforme termo de autorização em anexo.

Feitas as buscas, nada de ilícito foi encontrado, bem como a chave da caminhonete também não. Sendo assim, diante da falta de elementos probatórios que pudessem configurar o estado de flagrante, ou mesmo justificar a sua prisão, apenas o veículo furtado foi apreendido e encaminhado com o apoio de um guincho até a Delegacia de Polícia Civil para a adoção das medidas legais”, informou a nota.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de