Polícia prende agricultor por porte ilegal de arma

2014-01-04 17.05.00Na tarde deste sábado(04), a PM – Polícia Militar de Itaporanga foi informada que no Rancho Pato Branco, à margem da SP-255 no Bairro São Francisco, entre Itaporanga/Coronel Macedo, um homem estava armado de revólver e tinha efetuado dois disparos. Os PMs Meneghel e Vidal se dirigiram ao local, abordaram os frequentadores do bar e acabaram encontrando com…

Julio Modesto Veiga, 35 anos, um revólver calibre 38, com 7 cápsulas intactas e duas deflagradas. 

As versões:

De acordo com registro policial, Júlio alegou que estava armado somente para se defender, e que hoje estava no rancho e chegou Vando Aparecido dos Santos, 35 anos, com quem teve desentendimentos e que este começou a ameaça-lo de morte. “Foi quando efetuei dois disparos para o alto”, disse.

Já,Vando disse que ele e Julio tem uma rixa por motivos familiares e que hoje acabaram se encontrando no rancho. “Ele sacou o revólver e deu dois tiros na minha direção. Por isso, acionei a PM”, informou.

Diante disso, como Júlio não tinha porte da arma e esta  estava com numeração raspada, os policiais o conduziram preso até o plantão policial, onde o delegado Georges Zedan Chehade o indiciou por Porte Ilegal de Arma e disparos, previstos no Estatuto do Desarmamento e ratificou a sua prisão.
Júlio foi encaminhado para a Cadeia Púlica de Sarutaiá-SP, onde ficará à disposição da Justiça.

2014-01-04 17.05.50

Compartilhar

Notícias relacionadas