Ponte de Riversul: uma de madeira será construída até que a nova fique pronta; engenheiros de empreiteira fizeram levantamentos

Aguardados desde segunda-feira, somente na tarde desta sexta-feira (26) foi possível os técnicos da empreiteira RGM, que constrói pontes para o DER, visitarem a ponte que caiu no Bairro Padilhas.

Juliano, Fernando, Rafael e Ali Hussein Shuman
Juliano, Fernando, Rafael e Ali Hussein Shuman

Compareceram o proprietário Rafael da Silva Rosa e seu engenheiro Ali Hussein Shuman. Acompanhando os dois estiveram o diretor de Engenharia Juliano de Oliveira, o engenheiro da Prefeitura de Riversul Fernando Henrique de Mattos, o coordenado de Obras Edmir da Guia.

A equipe da empreiteira explicou que não deu para vir antes porque está atuando em mais dez pontes que caíram na região de Itapeva com as chuvas do começo de janeiro, e que a maioria é no Vale da Ribeira.

Os técnicos da empreiteira fizeram fotografias, avaliações e medições que vão orientar o projeto com planilha de custos para a construção, que será posteriormente enviado com pedido de urgência ao Gabinete do Governado – Casa Militar – Coordenadoria Estadual da Defesa Civil.

Antes da chegada dos técnicos o próprio prefeito Vicente de Paula Garcia estava no local acompanhando uma equipe da empresa Falv – Terraplanagem na remoção de vigas de ferro e blocos de concreto da estrutura que caiu para liberar o local para a construção de uma ponte de madeira até que a nova fique pronta, o que deverá demorar, em virtude da crise e redução dos recursos do Governo.

Prefeito Vicente de Paula Garcia
Prefeito Vicente de Paula Garcia

 O prefeito Vicente informou que no município há mais quatro pontes que necessitam de reparos/reconstrução. Na semana passada ele esteve no Palácio dos Bandeirantes pleiteando recursos em caráter de urgência para essas pontes e também recursos para as máquinas que trabalham nas estradas (combustível e peças de reposição) . Disse que esses pedidos para serem aceitos foram acompanhados de documentos exigidos, como relatório da Defesa Civil, relatório fotográfico (ambos já feitos) , projeto da obra e planilha orçamentária feita por engenheiro.

Ele contou que essa do Padilha não havia sido tratada na Defesa Civil na semana passada porque ela caiu na madrugada de segunda-feira.

“Todas são urgentes e espero que a empreiteira RGM apronte o mais rápido possível o projeto desta dos Padilha. Tem chovido todos os dias e espero que até o final da próxima semana ela termine esse projeto para que eu possa levar em mãos na Coordenadoria da Defesa Civil, no Governo do Estado”, explicou o prefeito Vicente.

Disse ainda que espera agilizar o máximo a obtenção de recursos todos os casos. “Para alguns, parece que tudo é fácil e rápido para reconstruir essa daqui (Padilhas) porque basicamente seria a reconstrução do pilar que caiu e recolocar a ponte em cima. Mas, por ser uma rodovia com trânsito de caminhões muito pesados, todo o cuidado é pouco. Sabemos também dos problemas da construção anterior e isso não pode se repetir. Já estamos conscientes das dificuldades para conseguirmos os recursos, mesmo emergenciais. Mas estamos fazendo tudo o que é possível para que as coisas sejam resolvidas o mais rapidamente”, finalizou.

Compartilhar

Notícias relacionadas