Ponte do Rio Verde na SP-255 é interditada: alternativa, desvio para Itararé

 

Em virtude do grande risco aos usuários, a Polícia Militar de Itaporanga e a Polícia Rodoviária acabam de interditar a ponte sobre o Rio Verde, para qualquer tipo de veículo. Passagem,  só de pedestre.

Uma parte da cabeceira da ponte (lado Bairro Rio Verde) está desmoronando. A PM aguarda a chegada de uma equipe de manutenção do DER para analisar a situação.

Uma das alternativas para quem precisa acessar as rodovias Castello Branco e Raposo Tavares é a SP 281 (Rodovia Aparício Bíglia Filho) até Itararé, desta até Itapeva, Itaberá e Coronel Macedo.

Quem vem dos estados Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, só tem a opção de na rotatória de Itaporanga, acessar a SP-281, sentido Riversul/Itararé e depois a SP-258 (Rodovia Francisco Alves Negrão até Itapeva) e depois Itaberá.

Para quem vem da Castello Branco e Raposo Tavares pela SP-255, a alternativa é na rotatória de Coronel Macedo seguir em diante até Itaberá, Itapeva, Itararé e Riversul. Lembrando que a estrada do meio que liga Itaberá a Itararé, também foi interditada e a alternativa é a Rodovia Francisco Alves Negrão.

Para quem está com carro pequeno e prefere evitar o grande trajeto, há uma alternativa de, em Barão de Antonina, pegar a balsa na Represa de Chavantes para o município de Fartura.

Com isso, o tráfego de veículos para os bairros rurais que ficam depois da Ponte do Rio Verde, bem como às cidades de Coronel Macedo, Taquarituba, Itaí e Avaré, fica prejudicado.

 

Compartilhar

Notícias relacionadas