Portal Brasil de R$ 7,5 mi trava após lançamento por Lula

Da Folha Online – Serviços e informações sobre ações e programas federais que antes estavam dispersas por diversos sites agora estão reunidos no novo Portal Brasil que pode ser acessado a partir desta quarta-feira (3) no endereço www.brasil.gov.br.

O Portal Brasil foi lançado nesta quarta-feira (3) em uma cerimônia em Brasília, da qual participaram ministros e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No entanto, em teste da Folha Online na manhã desta quinta-feira (4), o site apresentou problemas de conexão. Ao tentar entrar, o conteúdo não aparece e há somente a mensagem: "Estamos trabalhando para melhorar o desempenho do portal Brasil e em algumas horas você poderá acessá-lo novamente".

A Secretaria de Comunicação do governo confirmou a indisponibilidade temporária do problema, e informou que a previsão é de normalização à tarde. Ela não soube dizer o motivo do problema.

R$ 7,5 milhões

Segundo Ottoni Fernandes, secretário de Comunicação da Presidência da República, será possível obter lá informações sobre campanhas públicas de vacinação, nutrição infantil, restituições fiscais, pagamento de aposentadorias, expedição de documentos e oferta de empregos públicos.

Nesse endereço já era possível acessar informações relacionadas ao governo federal, mas a reformulação do site irá reunir cerca de 500 serviços.

O novo portal custou R$ 7,5 milhões e exigiu um trabalho de três anos para sua reformulação.

Inicialmente, o portal terá 12 áreas de conteúdos temáticos: cidadania, saúde, educação, ciência e tecnologia, Brasil, cultura, economia, esporte, geografia, história, meio ambiente e turismo.

Os conteúdos oferecidos serão segmentados para trabalhadores, estudantes, empreendedores e imprensa e há previsão de que sejam estendidos à idosos, crianças, servidores públicos e mulheres.

Exterior e acessibilidade

Haverá também uma área específica para o público do exterior como estudantes, investidores e turistas em inglês e espanhol.

"A gente está criando um sistema para disponibilizar (essas informações) para 190 milhões de brasileiros, para a América Latina, para que todos aqueles que queiram acompanhar as coisas do Brasil não se façam de rogados", disse o presidente em seu discurso.

O portal tem recursos para permitir o acesso por pessoas com deficiência visual e auditiva. Será possível, por exemplo, ampliar o tamanho das fontes ou trabalhar com contrastes na tela.

Lula afirmou que com o portal "não haverá mais segredo, tudo será publicado para todos os brasileiros" e disse que o site será uma espécie de "Google nacional", tamanha a quantidade de informações que reúne.

O ministro da Comunicação Social, Franklin Martins, destacou que o site traz facilidades ao agregar serviços e informações que antes estavam espalhados pelas páginas dos ministérios na internet. "O portal vem dar transparência, facilitar o acesso a serviços oferecidos e ampliar o conhecimento sobre o país."

Durante o evento, o presidente Lula falou ao vivo com um estudante da Escola Municipal Casa Meio Norte, em Teresina (PI). No site, há um vídeo sobre a escola que é modelo na região.

Com informações da Agência Brasil e Efe

 

Compartilhar

Notícias relacionadas