Posicionamento do secretário do Turismo Vinicius Lummertz sobre a abertura do capital das aéreas

“A abertura do capital das aéreas para estrangeiros sempre esteve na pauta de nossas lutas para desenvolver o turismo do Brasil. Como presidente da Embratur ou como ministro do Turismo, participei de todas as articulações para que isso se tornasse realidade. Ainda no final do governo Temer, por sugestão minha, foi editada a primeira Medida Provisória (MP) permitindo a abertura.

Na época o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, acatou a ideia. Agora a MP foi aprovada pelo Congresso, o que vai acelerar o crescimento do fluxo turístico do país, com a entrada das empresas de baixo custo. Os integrantes do trade turístico, unidos, devem continuar a pressão.

São Paulo, com o projeto “São Paulo pra todos”, que reduzirá o ICMS para combustível de aviação e como contrapartida, as companhias aéreas passarão a oferecer mais voos a partir de diversos aeroportos paulistas, com certeza saberá aproveitar a oportunidade”, Vinícius Lummertz, secretário de Turismo do Estado de São Paulo.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de