Prefeito de Avaré diz que FREA não será vendida

DSC05236Sem explicar detalhes da transação, nota da assessoria de imprensa informa sobre coletiva realizada no Paço Municipal que na última sexta-feira, 14, o prefeito Rogélio Barcheti, o presidente da Fundação Regional Educacional de Avaré – FREA -, Hadel Aurani, e outros representantes do Governo Municipal, esclareceu a todos os presentes como se dará a implantação de uma cogestão na entidade.

Devido a atual situação em que a FREA se encontra, a Fundação passará a ser gerida por uma PPP – Parceria Público Privada com o Grupo Voltaire Ensino e não vendida conforme foi anunciado por alguns órgãos de imprensa. Vale-se ressaltar que, nesta parceria, a gestão da entidade continua nas mãos do Ministério Público e da Prefeitura Municipal.

Com a parceria, o Governo Municipal garante que a Instituição se beneficiará com a abertura de novos cursos para o município, sendo eles Medicina e Veterinária. Garante também que não haverá demissões, que os direitos trabalhistas dos funcionários serão mantidos, assim como as bolsas destinadas aos funcionários.

Nesta quarta-feira, 12, em redes sociais, avareenses contrários à privatização manifestaram descontentamento a então movimentação de venda da FREA. Alguns sugeriram que o problema de gestão poderia se sanado; outros afirmaram que por detrás disso haveria grande interesse econômico (comissão); outros sugeriram uma manifestação popular para tentar evitar a provatização  e outros afirmaram que haveria injeção de dinheiro sujo no negócio.

Compartilhar

Notícias relacionadas