Prefeitura de Itararé socorre famílias que tiveram casas invadidas pelas águas

chuvas05chuvas04chuvas01

A Prefeitura de Itararé, através da Secretaria de Assistência Social tomou providências imediatas de auxílio às famílias atingindas pelo forte temporal do final da tarde última segunda-feira (16) causaram vários transtornos principalmente para os moradores próximos ao córrego Tatit.

 

chuvas07Muitos deles acabaram perdendo móveis, eletrodomésticos, colchões, roupas e até alimentos guardados em dispensas e armários que foram atingidos pelo nível das águas que chegou, em algumas casas, a um metro e meio.
   
É o caso de seu Lázaro Simões da Silva, morador há mais de trinta anos, que perdeu praticamente tudo dentro de casa. Sua filha, Lúcia Maria da Silva ajudou na recuperação e na limpeza da casa e agradeceu a ajuda da Prefeitura e da Assistência Social. “Agora a pouco eu comentei com minha vizinha, que graças a Deus nós tivemos o apoio do prefeito e da Assistência Social, que estão ajudando a amenizar o nosso sofrimento. Porque se agora nós não tivéssemos o apoio deles é que estaríamos perdidos de vez”, disse emocionada. Segundo ela, todo ano neste local as chuvas castigam os moradores e seu pai já viveu muitas vezes este tipo de situação. Mas segundo Joel Costa (31), morador há mais de vinte anos, esta situação piorou depois que a rua foi calçada. “Antes de terem calçado e canalizado esta rua, era tudo aberto e não dava enchente. Acontece que o nível desta rua ficou muito baixo, comparado com o outro lado que atravessa a Cel. Fructuoso. Este calçamento foi feito há muito tempo, antes do atual prefeito”, observou.
   
chuvas08Para Rubemar Tomé de Almeida, o prejuízo foi de grande monta e segundo ele, a chuva de ontem foi muito forte e as águas subiram rápido demais. “O que estamos recebendo da prefeitura e da Assistência Social vai amenizar muito o nosso sofrimento e não temos vergonha de receber esta ajuda, pois estamos precisando muito neste momento. Além disso, estamos recebendo tudo novo, nada usado, desde roupa de cama, cobertores e colchões. Recebemos ainda kits de limpeza e higiene pessoal e cestas básicas”, concluiu  Rubemar.
   
Ao todo, a Secretaria de Assistência Social distribuiu 09 cestas básicas, 09 kits de higiene pessoal e 09 de limpeza, 16 travesseiros, 16 colchões, 16 cobertores, 16 jogos de cama além de toalhas de banho e rosto. “Algumas famílias já manifestaram a vontade de sair destes locais atingidos pelas águas e estaremos estudando a questão do aluguel social. Além disso,  estaremos acompanhando todas estas famílias durante o ano todo para que elas possam ter o amparo necessário e todas as oportunidades de recomeçarem suas vidas”, salientou Luciana Perucio, secretária de Assistência Social.
   
“O nosso papel é ajudar sempre e principalmente nestes momentos mais difíceis. O que depender de nós, estaremos dando todo o apoio que nossa população merece e eles sabem disso. Mesmo que tenham pessoas que falem mau de nossa administração, temos a consciência de que este problema é antigo e estamos procurando resolvê-lo da melhor maneira possível. Pena que muitos se aproveitam destas tragédias para fazer a política rasteira, mas o tempo dirá quem está fazendo o bem”, concluiu o prefeito Cesar Perucio. (Da Assessoria de Imprensa)

Compartilhar

Notícias relacionadas