Presidenta Dilma participa da cerimônia de abertura do 27º Salão Internacional do Automóvel

Brasília - DF, 22/10/2012. Presidenta Dilma Rousseff recebe Ian Robertson vice-presidente e membro do Conselho de Administração da BMW AG, Vendas e Marketing. Foto: Roberto Stuckert Filho/PRimagem_anhembi.com.br_salaoautomovelA presidenta da República, Dilma Rousseff, participa, nesta quarta-feira (24/10) às 12h45, da cerimônia de abertura do 27º Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo (SP). O evento acontece no período de 24 de outubro a

04 de novembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

De acordo com a Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do projeto, o 27º Salão Internacional do Automóvel conta com a participação de 49 montadoras e importadoras e 500 modelos de carros expostos, representando 7% a mais que em sua última edição. Este ano, a exposição gerará cerca de 26 mil empregos diretos e indiretos e deve atrair em torno de 750 mil visitantes.

O Salão é considerado o maior e mais importante evento automotivo da América Latina. A exposição acontece bianualmente e está posicionada como o evento que mais movimenta a capital paulista. Em 2010, R$ 360 milhões foram movimentados por turistas na cidade de São Paulo.
  

BMW no Brasil

O vice-presidente da BMW, Ian Robertson, anunciou nesta segunda-feira (22), após reunir-se no Palácio do Planalto com a presidenta Dilma Rousseff, a construção de uma fábrica em Araquari, em Santa Catarina. Robertson disse que a BMW investirá 200 milhões de euros para iniciar a produção de até 30 mil veículos por ano na fase inicial. Segundo ele, serão gerados cerca de mil empregos diretos com a fábrica.

“Hoje tivemos a oportunidade de nos reunir com a presidenta e sua equipe de ministros, e nosso plano de investimento recebeu um forte apoio do governo. Nossa expectativa é de que os primeiros carros sejam produzidos no fim de 2014 (…) Nosso plano de investimentos chega a 200 milhões de euros e isso inclui o desenvolvimento de toda a instalação para a produção da carenagem, pintura e montagem no Brasil. Acreditamos que a chegada do primeiro fabricante de automóveis de luxo é um marco para o desenvolvimento da indústria automotiva no país”, afirmou Robertson.

Compartilhar

Notícias relacionadas