Quadrilha presa: Polícia Civil esclareceu os ataques aos bancos de Itaporanga(SP)

Banco-do-Brasil2Um ano após a segunda explosão de caixas eletrônicos nas três agências bancárias da cidade –  Banco do Brasil, Bradesco e Santander –  causando pânico à população em decorrência da ação violenta, com explosões e muitos tiros disparados por armas de grosso calibre e alto poder de destruição (felizmente e por sorte sem vítimas),  o  ItapoNews procurou informações sobre o andamento das investigações…

 por parte da Polícia Civil.

O delegado José Carlos Fernandes, informou com grande satisfação que ambos os casos,  ocorridos nos meses de outubro/2012 e Fevereiro/2013, foram devidamente solucionados.

Segundo ele, um trabalho conjunto de inteligência policial foi realizado entre as Delegacias de Polícia de Itaporanga, DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Avaré e DEIC (Departamento Investigação Criminal/Roubo a Banco) em São Paulo. Esse trabalho possibilitou se chegar até a uma quadrilha que vinha agindo na região e demais cidades do interior do Estado.
Todos os seus integrantes passaram a ser monitorados e em meados do mês de abril/2013, após assaltarem uma agência bancária da cidade de Auriflama/SP (Região de São José do Rio Preto), foram presos em flagrante cerca de onze indivíduos, tendo um deles falecido após troca de tiros com policiais. Na ocasião foram apreendidas armas de grosso calibre (fuzis e pistolas) além de telefones celulares.

“O trabalho de perícia realizado pela Polícia Técnico Científica (I.C.) no exame de balística, na comparação das capsulas deflagradas e apreendidas nos dois roubos aqui em Itaporanga, comprovou serem das mesmas armas utilizadas em Auriflama-SP.

Além disso, as equipes de investigadores de Itaporanga e Avaré, viajaram a São Paulo, onde interrogaram os acusados, que confessaram também os dois roubos praticados em Itaporanga. Foram indiciados por Roubo Qualificado e atualmente todos os ladrões – que são de Campinas, Sumaré, Nova Odessa e Bauru – encontram-se presos em penitenciárias do Estado de São Paulo, à disposição da Justiça”, informou Dr. José Carlos Fernandes.

Veja o que o ItapoNews publicou na época sobre os dois ataques:

Assalto aos três bancos: Itaporanga viveu mais uma madrugada de terror

Compartilhar

Notícias relacionadas