Rio Tietê recebe limpeza no trecho de Botucatu

1234

Botucatu já é reconhecida pelas ações na área ambiental. Em 2012 foi campeã do programa Município Verde-Azul, prêmio que estimula e valoriza as ações estratégicas em todo o Estado. Ano passado, novamente ficou entre as dez melhores. Agora um grupo ambiental regional, formado por representantes da Prefeitura de Botucatu…

 [Secretarias de Meio Ambiente, Obras e Patrulha Ambiental da Guarda Civil Municipal], Polícia Militar Ambiental, Unesp, e empresas [Gruppi Caçamba, Areia Rays, Grupo Sacae Watanabe, Fazenda Morrinhos, Usina São Manoel, Duratex e Moretto Madeiras] começa a fortalecer de vez esta vocação.

Uma operação, intitulada “Verão Mais Limpo”, foi realizada durante toda a última semana de janeiro passado e culminou no último sábado [1º de fevereiro] com a retirada de todo tipo de lixo presente no Rio Tietê. A ação se concentrou entre Anhembi, Botucatu e São Manuel, e ficou a cargo da colônia de pescadores do Porto Said. Funcionários e máquinas da Secretaria de Obras e empresas parceiras ajudaram no carregamento de todo o material.

Como recompensa, os pescadores receberão R$ 10 mil das empresas parceiras ao projeto. Esse recurso será utilizado para fazer reparos nos barcos, manutenção de motores e compra de novas redes que o grupo utilizará assim que o período de piracema acabar, no fim do mês de fevereiro.

“É a primeira grande ação que este grupo está fazendo e representa acima de tudo uma educação ambiental. Hoje estamos fazendo uma limpeza de 50 quilômetros de rio. Nas duas margens são 100 km. Estamos retirando dentro da represa em torno de 300 metros cúbicos de lixos. Na sua grande maioria constituída por isopor e [garrafas] pets. Com certeza 200, 300, 400 anos demora a decomposição de um material desse. O que a gente espera é que a população colabore com a gente também”, diz o secretário municipal de Meio Ambiente, Perseu Mariani.

“Esse grupo foi formado há oito meses. Em 2013 a gente teve reuniões mensais onde foram discutidos os problemas ambientais da nossa região e feita uma perspectiva do que poderia ser feito em 2014. Na verdade o foco desse grupo é agregar boas ideias, agregar pessoas envolvidas no meio ambiental para potencializar ações. A gente tá com um plano de, daqui a um mês e meio ou dois, fazer uma semana ambiental onde crianças carentes de Botucatu vão receber palestras e aulas na sede da Policia Militar Ambiental de Botucatu”, explica o comandante da Policia Militar Ambiental de Botucatu, 1º tenente Gustavo Henrique do Nascimento. (Da Secretaria de Comunicação de Botucatu)

Compartilhar

Notícias relacionadas