Rodovias: fique esperto para não levar multas; câmeras e radares fixos e móveis estão de olho em você

Ao trafegar pelas rodovias não tente dar uma de esperto – tipo, ninguém tá vendo, não há polícia rodoviária na pista e outros – porque as tecnologias das câmeras instaladas pelas concessionárias ao longo das rodovias, para fins operacionais delas, estão servindo também para auxiliar os agentes do Detran na hora de lavrar multas à revelia, ou seja, quando o motorista não é abordado pelo agente para lavrar o auto de infração. As imagens serão usadas contra o infrator. Alguns dias depois você recebe a multa em sua casa.

Você poderá recorrer, mas para isso terá de pagar a multa e ainda vai ter de enfrentar muitos aborrecimentos. Se ganhar o recurso, o que às vezes é muito difícil, o Estado será obrigado a devolver-lhe o valor da multa.

Então, se não quiser levar multas, obedeça a sinalização, faixas duplas, limites de velocidade, mantenha a distância mínima de 30 metros do veículo à frente, e não caia na besteira de deixar de usar o cinto de segurança, ou pior, usar o celular ao volante. Isso, até mesmo naqueles trechos de muito pouco movimento de veículos, onde só você está na estrada e ninguém à frente ou atrás.

E a fiscalização é imprevisível. Só para você ter uma ideia, na tarde de quinta-feira, quando retornava de Coronel Macedo para Itaporanga pela Rodovia Jurandir Siciliano (SP-255), o ItapoNews notou um servidor, provavelmente do Detran com uma câmera na mão no acostamento sentido Sul, monitorando a velocidade dos veículos naquela “retona” do Pesqueiro São José e encruzilhada para o Bairro dos Costa, em Coronel Macedo. Certamente muitos desatentos que passaram por alí e abusaram do limente, daqui cinco ou seis dias receberão o Auto de Infração em casa.

Por exemplo:, a multa por falar ao celular ou ultrapassar em faixa dupla valor é de R$ 293,47, podendo chegar a R$17.608,20 (dependendo do risco gerado à segurança do trânsito), além de acarretar a perda de sete pontos na CNH. Normalmente aqui nas rodovias desta região essas multas tem ficado mais ou menos em torno de R$ 1.400,00, com a perda de 7 pontos na CNH.

Uma coisa é certa: esse rigor na fiscalização está ajudando a baixar a quantidade de acidentes de trânsito e mortes nas rodovias.

Então, melhor não arriscar para não dar sorte para o azar!

(A.N.)

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Se inscreva  
Notificação de