SAMU Regional Vale do Jurumirim é inaugurada em Avaré

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Avaré, está quase tudo pronto para que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU 192 – possa começar a atender a região do Vale do Jurumirim. Nesta quinta-feira, 22, foi  inaugurada no

município a sede regional do SAMU, que fica na Rua Lázaro do Amaral Leite, 394.

Inauguração SAMU Vale do JurumirimSegundo o coordenador médico, Rodrigo Macarieli Côrrea, a inauguração da sede foi de extrema importância para que o Ministério da Saúde, através de uma visita técnica, dê o seu aval para que as ambulâncias e toda a equipe iniciem seus trabalhos. Os técnicos do Ministério da Saúde estarão em Avaré no dia 29 de setembro e a previsão é de que o SAMU Regional Vale do Jurumirim esteja em plena atividade já na primeira semana de outubro.

No evento, além do prefeito Rogélio Barcheti, estiveram presentes na cerimônia o prefeito de Itaporanga José Carlos do Nute Rodrigues, o prefeito de Paranapanema João Van Melis, a presidente da Câmara Municipal de Avaré Marialva Biazon, o médico e vereador Ernesto Ferreira de Albuquerque, advogado César Cruz, presidente da OAB, subseção de Avaré e representante da Santa Casa de Misericórdia do município, o coronel PM José Guerxis de Aguiar, comandante do Corpo de Bombeiros de Bauru, o capitão PM José Milton Franco de Arruda, comandante do Corpo de Bombeiros de Botucatu, o tenente Flávio Alexandre Antunes da Silva, comandante do Posto de Bombeiros 2 de Avaré, a secretária da Saúde Elizabeth Capecci Siqueira e demais secretários e toda a equipe de coordenadores do SAMU Regional Vale do Jurumirim. Após a inauguração, as ambulâncias do SAMU saíram em carreata pela cidade.

Inauguração SAMU Vale do Jurumirim em AvaréSAMU 192
O SAMU 192 faz parte da Política Nacional de Urgências e Emergências, de 2003, e ajuda a organizar o atendimento na rede pública prestando socorro à população em casos de emergência. Através dele, o governo federal está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

O SAMU realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação, profissionais e veículos de salvamento. As Centrais de Regulação têm um papel primeiro e indispensável para o resultado positivo do atendimento, sendo o socorro feito após chamada gratuita, para o telefone 192. Essa ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

Ao mesmo tempo, o médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um posto de saúde; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com auxiliar de enfermagem e socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma UTI móvel, com médico e enfermeiro. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos e, dessa maneira, reserva leitos para que o atendimento de urgência tenha continuidade.

Compartilhar

Notícias relacionadas