Saúde Riversul divulga novo caso suspeito de Covid-19 e faz importante alerta sobre comentários improcedentes

A Prefeitura Municipal de Riversul através de João Augusto de Oliveira, diretor do Departamento de Saúde, comunica que “tem tido muito cuidado nas divulgações de assuntos pertinentes ao Covid-19 (coronavirus), principalmente no tocante a casos suspeitos.

Já pedimos aqui para não acreditarem em assuntos que não tenham sido divulgados aqui por nós.

Está tendo comentários que Riversul tem um caso positivo da Covid-19, o que não é fato e como eu disse, estamos tendo muito cuidado em tratar esse assunto, buscando sempre cumprir com a ética e o sigilo que obriga nossa profissão e somente hoje, após seguir todos os protocolos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, concluímos que TEMOS UM CASO SUSPEITO EM RIVERSUL PARA O CORONAVIRUS.

Paciente não apresenta sintoma, está bem, isolado e sendo acompanhado na sua residência. Após cumprir o prazo necessário estaremos realizando a Coleta de Material para realizar o teste rápido, já que os Laboratórios do Estado não realizam exames em pacientes que não tenha sintomas e o resultado eficaz do teste rápido depende de seguir rigorosamente os nossos protocolos, para evitar que o resultado seja falso negativo ou falso positivo.

Paciente teve contato com pessoa testada positiva por força do seu trabalho, trabalho que está incluso nos essenciais para nossa sobrevivência, portanto, paciente não estava fazendo turismo e sim buscando seu sustento, como muitos estão e os que não estão conseguindo, sabem das dificuldades que estão passando.

Solicito a todos que respeitem a privacidade da pessoa, porque ninguém que venha a ser contaminado pelo vírus, será contaminado por vontade própria e independente de quem seja, os cuidados que devemos tomar deverão ser para contatos com todas as pessoas fora de casa, ou seja, evitar aglomeração de pessoas, não conversar com pessoas na rua a menos de um metro e meio de distância (independente de quem seja a pessoa), fazer uso constante da máscara, lavar as mãos o máximo de vezes ao dia com água, sabão e aqueles que puderem, façam uso de álcool em gel e não toquem com as mãos no rosto, olhos e boca sem antes lavá-la.

Com esses cuidados, mesmo que você tenha contato com alguém que esteja contaminado, a chance de você se contaminar é quase zero. QUEM PUDER FIQUE EM CASA!”, João Augusto de Oliveira.

Compartilhar

Notícias relacionadas