SP-255 poderá ser restabelecida em menos de 90 dias

Não será necessário todo o prazo de 8 meses previsto na contratação do governo do Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem – DER com a empreiteira Mogi Engenharia Ltda, vencedora da licitação para recuperação de aterro e tubulação no km 348,530, lado esquerdo da SP 255, no município de Itaporanga.

O ItapoNews esteve no local por volta das 17h20 desta sexta-feira para imagens e confirmou que os trabalhos estão sendo feitos. Embora devido ao horário não tenha sido possível conversar com ninguém da obra, percebeu que o as aduelas (estruturas de concreto) no leite do córrego, que haviam sido removidas por enormes guindastes para restauração do aterramento, aparentemente já haviam sido realinhadas.

Porém, em conversa com o secretário municipal de Serviços Gerais, Urbano e Rural, José Elcio Viana, que faz visita frequente a essa obra e se mantém informado pelos responsáveis, este informou o seguinte: “segundo o pessoal da Mogi, após a recolocação das aduelas serão iniciados os trabalhos de aterramento. E, ainda segundo eles, se o tempo ajudar, tudo poderá ficar pronto em menos de 90 dias ”, informou Viana.

Com isso, todo o material (terra) que havia sido retirado para acertar as aduelas e colocado ao longo da pista, será devolvido ao local.

Compartilhar

Notícias relacionadas

2 Comentários
mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
claudio j carvalho
claudio j carvalho
7 de fevereiro de 2018 00:24

a empresa sumiu ninguém mais lá para fazer o trabalho e a população sofrendo , o desvio está em péssima condições de trafegar e agora vem a colheita da soja ,como iremos fazer carros usados para o trafegar estão quebrando tudo isso por descaso com a população e a politica suja que temos nenhum politico mostra em favor do povo mas quando é época de eleição todos estão presentes com tapinhas nas costas , cafe zinho e assim por diante é uma vergonha

Jaime motta
Jaime motta
1 de fevereiro de 2018 01:53

Lamentável a situação atual, reflete a negligência de falta de manutenção. Acho que poderia se gastar 20.000,00 com manutenção preventiva, agora, gasta 400.000,00 na corretiva.
Por favor, não façam festa, comícios ou placas na reabertura.