SP inicia produção nacional inédita de vacinas contra a gripe

Para a Campanha de Vacinação do Idoso deste ano o Instituto Butantan irá entregar cerca de 3 milhões de doses produzidas na unidade – O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria da Saúde irá entregar neste ano, ao Ministério da Saúde, as primeiras vacinas antigripe produzidas nacionalmente em toda a história.

Cerca de três milhões de doses serão disponibilizadas em abril pelo Instituto Butantan, para a Campanha de Vacinação do Idoso. A instituição completou 110 anos de existência nesta quarta-feira, 23.

"No ano que vem, 22 milhões de vacinas contra a gripe serão produzidas pelo Butantan, atendendo todo o País. O Brasil ficará totalmente independente, terá autossuficiência na produção. Novas vacinas estão sendo estudadas contra a dengue, rotavírus e vamos, em 30 dias, definir os investimentos para completar a fábrica de hemoderivados", anunciou o governador Geraldo Alckmin.

Até o próximo ano, o país se tornará autossuficiente na produção de vacinas contra a Influenza, graças à fábrica do Butantan. Além de produzir vacinas contra gripe comum, a fábrica tem capacidade de produzir outros subtipos de vírus de Influenza, como a H1N1, gripe suína, e H5N1, gripe aviária, em caso de pandemia.

A fábrica possui 10 mil m² e é dividida em três andares. A vacina é produzida exclusivamente no segundo, a partir de ovos de galinha vindos de granjas previamente certificadas, que criam animais sem o uso de antibióticos e com ração especial, para que não haja interferência no processo produtivo, reações adversas e eventuais efeitos colaterais.

O prédio da fábrica de vacinas contra a gripe foi inaugurado em 2007 e até outubro de 2010 passou por um processo de adequação, certificação dos equipamentos e validação de todo o processo de produção. O investimento total foi de cerca de R$ 100 milhões.

"Os investimentos em pesquisa e produção voltados à Saúde Pública permitirão que o Instituto Butantan entregue neste ano mais de três milhões de doses de vacina contra gripe totalmente produzidos no Brasil. Moderna e com altíssima tecnologia, a fabrica tornará o Brasil autossuficiente em vacinas contra influenza", detalha Jorge Kalil, diretor do Instituto Butantan.

"Com a produção das vacinas pelo Butantan, São Paulo dá uma grande contribuição para a saúde pública nacional, aliando tecnologia de ponta e profissionais altamente capacitados", afirma Giovanni Guido Cerri, secretário da Saúde.

Parte das doses de vacina contra a gripe solicitadas pelo Ministério para a campanha deste ano serão formuladas e envasadas no Butantan, e outras virão prontas do exterior.

Leia também: Governo investe R$ 3 mi em novo prédio do Butantan.
 

Compartilhar

Notícias relacionadas