Ana Maria Primavesi, itaiense, “Mãe da agroecologia no Brasil” morre em SP, aos 99 anos

Ana Primavesi morreu em SP na tarde deste domingo (05) e foi sepultada às 16h desta segunda-feira (06) no Cemitério de Congonhas, em São Paulo. Austríaca de nascimento e brasileira de coração, com passagem por Passos-MG, Santa Maria-RS, Itaberá-SP e finalmente em Itaí-SP onde se radicou e viveu longos 32 anos, a engenheira agrônoma Ana Maria Primavesi tinha completado no dia 03 de outubro, 99 anos de existência e de muito trabalho prestado ao ensino universitário na formação de novos engenheiros agrônomos e à agricultura brasileira, que a consagrou como…

Compartilhar