Tráfico de pessoas: Botucatu recebe comitê de prevenção

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal de Segurança e Direitos Humanos, recebeu na manhã desta quinta-feira [16], na Sala de Teleconferência da Secretaria Municipal de Educação, o Comitê Interinstitucional de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.


O encontro serviu para discutir a promoção de ações de prevenção, apoio à repressão e à responsabilização ao tráfico de pessoas; garantir a orientação e o atendimento adequado às vítimas desta prática criminosa e aos seus familiares; ser uma fonte de informações técnicas para profissionais e ativistas das áreas de segurança pública e de promoção e defesas de direitos humanos.
 

O órgão reúne mais de 30 entidades interessadas no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para ações de prevenção e enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil e, em especial, ao Estado de São Paulo.

Participaram do evento autoridades locais e da região e representantes do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de Sorocaba.

O Secretário Municipal de Segurança e Direitos Humanos, Adjair de Campos, ressaltou que A Secretaria de Segurança juntamente com a Secretaria de Descentralização e Participação Comunitária estarão à disposição e todos irão colaborar com o Comitê no Município.

“Estamos muito agradecidos pela receptividade do Município para conosco, principalmente pela representação de Botucatu no nosso Comitê. Isso é importante, pois criarmos polos para que as pessoas saibam que existe um departamento na sua Cidade para tratar deste assunto”, explicou João Paulo Rolim Marques, tenente coronel e presidente do Comitê.

Sobre o Comitê – Ele foi criado em 2004, através de uma iniciativa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania em parceria com o Instituto Latino Americano de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos – ILADH, com o Consulado dos Estados Unidos da América, entre outras instituições.

O Comitê Interinstitucional de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas – CIPETP reúne mais de 30 entidades interessadas no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para ações de prevenção e enfrentamento ao tráfico de pessoas no Brasil e, com especial atenção, ao Estado de São Paulo.

O CIPETP funciona como uma instância colegiada de caráter consultivo, que objetiva a conjunção de esforços em diversas áreas no intuito de produzir reflexão e sensibilização para criação de políticas públicas locais, nacionais e internacionais eficazes no enfrentamento a esta prática criminosa, pautando a atuação do Núcleo de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de São Paulo – NETP/SP, órgão específico da Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania no trato com o tema. Este, por sua vez, exerce a secretaria executiva do Comitê. 
 
 
Compartilhar

Notícias relacionadas