Unesp terá nova diretoria clínica

Dr. André Balbi será o novo diretor clínico do HC. Por 40 votos de diferença, a chapa composta pelos doutores André Balbi e Marcone Sobreira venceu a eleição. Eles substituirão Sumaia Inaty Smaira e José Carlos Christovan.

Com 153 votos (55%) a chapa composta pelos médicos André Luís Balbi, nefrologista(rim) do Departamento de Clínica Médica e Marcone Lima Sobreira, do Serviço de Cirurgia Vascular, venceu a eleição para a Direção Clínica do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu. A apuração foi realizada na manhã de sexta-feira, 24 de abril.

Os concorrentes ao mesmo cargo, professores Celso Vieira Souza Leite, atual vice-superintendente do HC e José Souza Trindade Filho, conquistaram 113 votos (40,6%). Do total de 278 votos, houve seis brancos e seis nulos.

A comissão eleitoral que acompanhou a votação foi composta pelos médicos Maria Regina Bentlin, Regina Helena Garcia Martins, Norma Sueli Pinheiro Módolo e José Carlos Cristhovan.

Balbi e Sobreira, diretor clínico e vice, respectivamente, assumem as funções que hoje são ocupadas pelos médicos Sumaia Inaty Smaira e José Carlos Christovan. A chapa eleita assume o mandato pelo período de dois anos (2009/2011) a partir do dia 9 junho.

Prof. Balbi ressalta que sua gestão deve centrar-se na participação do corpo clínico e adoção do método gerencial de administração com foco na prevenção dos problemas que um hospital do porte do HC enfrenta. “Essa eleição expressou a renovação de quadros. A ideia é termos uma gestão com foco no gerenciamento e prevenção de problemas. Também focaremos a participação do corpo clínico através de comissões, trabalhos e principalmente, no contato direto com a direção”, declara.

Chapa do prof. Emílio Curcelli tem 46% de aprovação em consulta

Essa decisão precisa ser homologada pela Congregação da Faculdade de Medicina em sessão que será realizada dia 8 de maio. Os novos superintendente e vice assumem dia 9 de junho de 2009.

A chapa do professor Emílio Curcelli e da professora Irma de Godoy, que se apresentou para a disputa pela Superintendência do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) teve 46% de aprovação. A consulta foi feita aos três segmentos que compõem o complexo FMB/HC: docentes, alunos e servidores técnico-administrativos.

Dos 289 docentes, 201 opinaram e 168 se manifestaram favoráveis a única chapa inscrita (foram 14 votos brancos e nove nulos). Entre os servidores técnico-administrativos, dos 1.425, 447 participaram da consulta e 417 apoiaram a chapa do professor Emílio (19 brancos e 11 nulos). Já em relação aos alunos, a participação foi baixa. De 872, somente 80 compareceram ao processo eleitoral e 74 aprovaram os postulantes à comandar a Superintendência (foram três votos brancos e três nulos).

Os pesos são divididos da seguinte maneira: docentes – 70%; servidores técnicos e administrativos e alunos – 15%. Tiveram direito a voto os docentes, pesquisadores e professores substitutos; todos os servidores; alunos do 3º ao 6º ano no caso do curso de Medicina e do 2º ao 4º para os alunos de Enfermagem. Os médicos também participaram da consulta.

Essa decisão precisa ser homologada pela Congregação da Faculdade de Medicina em sessão que será realizada dia 8 de maio. Os novos superintendente e vice assumem dia 9 de junho de 2009.

Leandro Rocha

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FM e HC/Unesp

Compartilhar

Notícias relacionadas