Vacina HPV: meta é imunizar 379 meninas em Itaporanga

 

A infecção pelo HPV é a principal responsável pelo câncer do colo de útero. A cada ano, no Brasil, surgem 15 mil novos casos e 5 mil mulheres morrem. A vacina é a principal forma de prevenção, por isso é importante que toda a menina de 9 a 13 anos receba as três doses da vacina HPV.

A disponível na rede pública é do tipo quadrivalente, possui na sua formulação uma combinação de 4 tipos do vírus HPV. Previne a infecção e, conseqüentemente, os casos de câncer de colo de útero causados pelos tipos 16 e 18 e as verrugas genitais pelos tipos 6 e 11.

A nova etapa para aplicação começou na terça-feira dia 08 de Setembro, estão sendo realizadas em todas às Unidades de Básicas de Saúde.

Segundo a Secretaria de Municipal de Saúde de Itaporanga, cerca de 196 meninas, com idades entre 9 e 11 anos, já receberam a primeira dose da vacina no primeiro semestre, que atingiu 51,72% do público-alvo. A meta, no entanto, continua sendo imunizar 379 meninas entre 9 e 11 anos, que respondem por 80% das meninas nesta faixa etária no município de Itaporanga.

A população alvo prioritária da vacinação com a vacina HPV no ano de 2015 são as meninas na faixa etária entre 9 a 11 anos, 11 meses e 29 dias de idade. Meninas e mulheres de 9 a 26 anos, 11 meses e 29 dias vivendo com HIV.

 No caso da população indígena, a população alvo da vacinação são as meninas de 9 a 13 anos. Deverão ser vacinadas as adolescentes de até no máximo 13 anos, 11 meses e 29 dias que ainda não tenham recebido a primeira dose (as nascidas a partir de 1 de março de 2001).

No entanto, as meninas com 14 anos de idade (nascidas a partir de 1 de março de 2001) que já iniciaram o esquema vacinal deverão receber a segunda dose e seguir o esquema vacinal recomendado. O mesmo procedimento deverá ser realizado com mulheres vivendo com HIV que completaram 27 anos, que já iniciaram o esquema vacinal com 26 anos.

Orientamos aos pais que não deixem de levar suas filhas às unidades básicas de saúde para tomar a primeira ou a segunda dose da vacina, com o objetivo de completar o esquema de vacinação – procedimento essencial para o desenvolvimento adequado dos anticorpos que irão proteger contra os tipos de HPV 6;11; 16 e 18.

Compartilhar

Notícias relacionadas