Vereador Carlos Trigo se reúne com prefeito para discutir acessibilidade

O vereador Carlos Trigo (PT) vai se reunir com o prefeito Municipal João Cury para discutir questões relacionadas à acessibilidade às pessoas com algum tipo de deficiência. O encontro vai ocorrer na sede da Administração Municipal, na manhã da próxima segunda-feira (16).


De acordo com o parlamentar, que é deficiente visual,  foram convidadas entidades que lidam com a questão da deficiência. “Basicamente, nosso objetivo é discutir possíveis melhorias na qualidade dessa população”, afirma.

Entre os temas que o vereador destaca, e que serão abordados na reunião, estão o das calçadas – onde muitas vezes são colocados obstáculos – e dos elevadores nos veículos do transporte coletivo urbano.

“Essas são questões bastante presentes no cotidiano das pessoas com deficiência, seja física, visual, auditiva, entre outras. Ou seja, dificuldades com as quais os deficientes são obrigados a conviver diariamente”, enfatiza.

O vereador Carlos Trigo ainda aponta que a acessibilidade é um direito de todos. “Todas as pessoas, deficientes ou não, têm o direito de poder sair de casa com segurança e sem impedimentos. E é dever do Poder Público zelar para que isso seja efetivado”, salienta.

O parlamentar faz um convite público a todos os interessados em participar da reunião. “Todos aqueles que forem sensíveis a essas causas podem participar do encontro. É importante que os mais variados setores da sociedade estejam presentes”, destaca.

O vereador Carlos Trigo (PT) ainda ressalta que as pessoas que tiverem interesse em participar, relatar reivindicações ou fazer sugestões podem entrar em contato com o próprio parlamentar pelo telefone (14) 9748-7213.

Serviço

A reunião que vai discutir a questão da acessibilidade às pessoas com deficiência, com a participação do vereador Carlos Trigo (PT) e o prefeito João Cury, vai ocorrer na segunda-feira (16), às 10h, na Prefeitura Municipal de Botucatu – Praça Professor Pedro Torres, nº 100, Centro. (Com a Assessoria de Imprensa/Câmara Municipal de Botucatu)

 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas