Vereador de Itapeva cobra funcionamento do Laboratório Municipal

Requerimento do vereador Ney Gonçalves (PMDB) encaminhado ao Executivo Municipal solicita que através do setor competente da municipalidade, seja informado qual a data prevista para reativar o Laboratório Municipal.  Pediu ainda, a implantação de um equipamento avançado de Raio X na unidade do PSF do Jardim Maringá. 


Argumentou Ney que o objetivo do questionamento é  esclarecer dúvidas tanto dos  profissionais quanto dos usuários do Laboratório Municipal, que era o responsável por grande parte dos exames  solicitados pela rede municipal.

Com o laboratório municipal fechado  todo o quantitativo de exames foi repassado a iniciativa privada, que além dos exames de seus pacientes passa a contar com mais os da rede municipal, o que aumenta o tempo de espera do cidadão.

Considerando que exames laboratoriais na maioria das vezes são solicitados com emergência, ressaltou Ney que nada mais justo que a Administração retorne aos munícipes o Laboratório Municipal facilitando e agilizando a realização desses exames e diminuindo o tempo de espera. 

Lembrou Ney que foi informado pela municipalidade que o laboratório seria instalado no segundo andar do Centro de Saúde I – Postão, porém  não esclareceu quando o mesmo será reaberto para atendimento à população que necessita desse tipo de serviço.

RAIO  X – A implantação de um equipamento avançado de Raio X no PSF do Jardim Maringá é outro pedido formulado pelo vereador Ney ao Executivo Municipal.  Explicou que muitos pacientes que utilizam aquela unidade de saúde têm solicitado a benfeitoria, pois com essa medida os procedimentos médicos serão mais completos e as pessoas terão um melhor atendimento na área de saúde.

PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS

O vereador Ney reivindicou da municipalidade  a implantação do Conselho Municipal das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais. A medida é necessária, conforme explicou, para criar um canal de apoio a essas pessoas, já que em muitos municípios brasileiros funcionam os referidos Conselhos que atuam no sentido de  zelar pelo direito da pessoa portadora de deficiência.

Explicou o vereador Ney que existe o Conselho Estadual das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais que acompanha, avalia e propõe políticas públicas, promovendo a divulgação dos estudos técnicos na administração pública estadual. Faz campanhas de conscientização e sensibilização em parceria com órgãos da sociedade civil ou estaduais e também presta apoio, orientação e estímulo à criação de Conselhos Municipais. (Assessoria de Imprensa da CMI).
 

 

Compartilhar

Notícias relacionadas