Vereador de Itapeva questiona contrato da Educação

A Câmara de Itapeva aprovou ontem requerimento do vereador Marmo Fogaça (PSDB), que faz vários questionamentos ao Prefeito Municipal sobre um contrato da Secretaria da Educação com a Gráfica e Editora Posigraf S.A.

Nesse sentido o vereador quer saber quantos cursos de capacitação foram ministrados aos professores, coordenadores e equipe da rede, pela referida empresa nos anos de 2006, 2007 e 2008? Qual a data e quais os profissionais da Gráfica e Editora Posigraf S.A. que ministraram os cursos no referido período? Onde foram ministrados os cursos? Quantas visitas de acompanhamento técnico pedagógico foram realizadas em cada unidade da rede pela referida empresa? Onde foram realizadas as visitas? Qual foi o funcionário designado pela administração municipal para acompanhamento da fiscalização dos serviços prestados pela Posigraf? Quantos alunos foram matriculados no Ensino Fundamental no período de 2009? Quantas apostilas foram adquiridas para o ano de 2009?

Argumentou Marmo que na condição de agente fiscalizador e fazendo uso dessa prerrogativa, tais informações se fazem necessárias para poder sanar as dúvidas da população que indaga a respeito dessa importante questão.

CERCADINHO – Marmo reivindicou da administração municipal a implantação de um ponto de táxi, no Bairro do Cercadinho. Explicou que se trata de um pedido dos moradores que querem a melhoria, pois muitas vezes, pessoas idosas, doentes e crianças necessitam ser transportadas rapidamente até à cidade, ficando à mercê do transporte coletivo ou de favores de terceiros.

Também solicitou o vereador Marmo, a construção de uma lombada na Rodovia Faustino Daniel da Silva, entrada do Bairro do Cercadinho. Tal providência se faz necessária uma vez que muitas crianças ao saírem da escola, atravessam a pista para tomar a condução, e o local é perigoso devido ao tráfego intenso de veículos, entre os quais diversas carretas.

 

Compartilhar

Notícias relacionadas