Vereadores de Itapeva criticam o transporte coletivo da cidade

As inúmeras reclamações da comunidade em relação ao serviço de  transporte coletivo na cidade foram abordadas pelos vereadores na sessão de segunda-feira, 25. Além de requerimentos encaminhados à Transpen solicitando algumas melhorias no que se refere ao itinerário e horário dos ônibus, o assunto foi amplamente discutido no tema livre, com várias críticas por parte dos vereadores.

A proposta é que seja realizada uma reunião com um representante da Transpen com a finalidade de discutir a situação e propor as melhorias necessárias para que seja oferecido um serviço de qualidade aos usuários do transporte coletivo.

Em seu pronunciamento a vereadora Áurea Aparecida Rosa (PTB) salientou que a Câmara deve chamar um representante da Transpen para vir à Câmara  prestar esclarecimentos sobre as constantes  reclamações da comunidade em relação ao transporte coletivo. Afirmou que o horário não é cumprido e são efetuadas mudanças no itinerário, prejudicando os usuários. Com essas alterações diversas pessoas enfrentam dificuldades, pois precisam  utilizar dois ônibus, perdendo muito tempo, além de arcar com um custo maior.

Por sua vez o vereador Eliel Ferreira (PP) afirmou que vários são os requerimentos encaminhados à Transpen, sobre as reclamações da comunidade em relação ao transporte coletivo, sendo necessárias providências nesse sentido.

O vereador Ney  Gonçalves (PMDB) argumentou que  a empresa assinou um contrato, porém não está cumprindo seus compromissos.  Fica empurrando para a prefeitura e esta para a empresa. Além disso, existe o desrespeito para com os portadores de necessidades especiais,  principalmente os cadeirantes que ficam impossibilitados de utilizar o transporte coletivo, pois os ônibus não são adaptados. Falou também dos idosos que não contam com garantia  de vagas nos ônibus, conforme  assegurado pela legislação federal.

O vereador Wilson Roberto Margarido (DEM) também teceu comentários  sobre as linhas de ônibus e os horários que foram alterados prejudicando os trabalhadores, no horário que necessitam  chegar  ao serviço. Lembra que a prefeitura determinou o prazo de  um ano para que a Empresa providenciasse a adaptação de seus ônibus, porém já se passaram vários anos e isso não aconteceu.

Ao usar da palavra o vereador Marmo Fogaça (PSDB)  afirmou que  a Câmara Municipal precisa se manifestar a respeito do transporte coletivo, pois a empresa Transpen está deixando a desejar, sendo necessárias cobranças para um melhor atendimento aos usuários.
Após a explanação dos vereadores e as diversas críticas oriundas de reclamações da comunidade, o Presidente da Câmara Paulo de la Rua (PDT) afirmou que o assunto precisa ser amplamente debatido. Afirmou que o legislativo agendará  uma reunião com representantes da Empresa e vereadores para que  possam ser encontradas soluções, objetivando com isso oferecer um serviço de qualidade às pessoas que dependem diariamente do transporte coletivo.

DIVERSAS REIVINDICAÇÕES

Na sessão de segunda-feira foram aprovados requerimentos dirigidos à  Empresa Transpen Transporte Coletivo e Encomendas LTDA   a respeito de diversas melhorias que são reivindicadas pela comunidade, especialmente os usuários do transporte coletivo.

PARQUE INDUSTRIAL – Nesse sentido o vereador Paulo Roberto Tarzã dos Santos (PSDB) requereu a alteração do trajeto das linhas que servem o Bairro Bela Vista, Cerâmica e Carvoaria, sentido Itapeva/Itaberá.  A referida linha passa pela Avenida Paulina de Morais e segue sentido Itaberá. Com a mudança proposta serão beneficiados alunos da UNESP, professores da EM "Profa. Leonor Cerdeira", usuários do Posto de Saúde Parque São Jorge, usuários da Fundação Orsa e Adesai, trabalhadores do DER, professores da EE "Prof. José Vasques Ferrari, da EM "Raphael Fabri Neto", EMEI Maria Gonçalves Rodrigues, alunos do SENAI e trabalhadores do Distrito Industrial.

RIBEIRÃO DO LEME – A solicitação do vereador Ney é no sentido de prolongar o itinerário da linha de ônibus circular da Vila Santa Maria até o Bairro Ribeirão do Leme, nos horários das 07h00, 15h00 e 17h00. A melhoria visa atender a comunidade daquele bairro que depende desse tipo de transporte.

MUDANÇA DE HORÁRIOS – Margarido indagou a Transpen  sobre as mudanças de horários e diminuição das linhas do transporte urbano nos Bairros: Parque São Jorge, São Camilo, CDHU, Vila Aparecida, Vila São Miguel, Bairro de Cima, Jardim Virgínia,Vila Nova e Conjunto HabitacionalTancredo Neves.

As referidas alterações prejudicaram os  comerciários de Itapeva e a comunidade que reclamam desta situação. Através de ofício o Sindicato dos Empregados no Comércio  de  Itapeva  pediu  apoio para  retornar, com urgência, o horário dos ônibus e aumentar o número de linhas.

Outro pedido do vereador Margarido é sobre a possibilidade do ônibus circular que faz o itinerário do Bairro Ribeirão do Leme passar pelo local três vezes ao dia. A comunidade reivindica  a melhoria, pois atualmente isso ocorre apenas duas vezes ao dia, o que é insuficiente para atender a demanda do bairro

COMUNICADO – O vereador Oziel reivindicou da Transpen que todas as vezes que ocorrer alteração tanto do horário quanto do itinerário do transporte coletivo, seja comunicada a Câmara. A medida é necessária para que os vereadores tenham conhecimento das mudanças e com isso possam esclarecer os munícipes quando são questionados a respeito do assunto.  (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Itapeva).

 

Compartilhar

Notícias relacionadas